Vai viajar? Anote os REMÉDIOS que não podem faltar na sua mala!

Se você vai viajar, independente do destino, é fundamental levar alguns medicamentos. Eles ajudam a aliviar sintomas que não precisam de um atendimento médico, como uma leve dor de cabeça, por exemplo.

Mas é sempre bom conversar com seu médico para saber o que pode ou não tomar.

Lista de remédios que não podem faltar na sua mala

S_20857-MLB20199642810_112014-O

Por mais que a automedicação não seja recomendada, temos sempre aquele remédio que nos socorre quando mais precisamos. Entre eles, medicação para dor, enxaqueca, ânsia, cólica, entre outros. No geral, os remédios que não podem faltar na sua mala e que, provavelmente, serão prescritos pelo seu médico são:

  • Kit de primeiros socorros

    Montar o kit ideal depende do tipo de viagem que você vai fazer. Por exemplo,considere levar gaze, esparadrapo, álcool gel, curativos já prontos, luvas e antisséptico.

  • Anti-inflamatórios

    Principalmente quem vai fazer uma viagem longa, acaba precisando tomar um remédio para dores musculares. Porém, você precisa se atentar a alguns cuidados, já que os anti-inflamatórios são nocivos para os rins e estômago.

  • Analgésicos e antitérmicos

    Paracetamol e dipirona são clássicos e podemos comprar sem receita. São básicos quando estamos com dor e febre, porém, não devem ser usados quase todos os dias. Sempre é bom consultar o médico antes.

  • Antialérgicos

    Se você tem alergia após picadas de insetos, leve uma pomada antialérgica. Assim você não precisa tomar um comprimido. Além disso, não se esqueça do repelente.

  • Antiácido

    É bom ter um antiácido para o caso de comer em excesso. Vale os mais simples, como à base de magnésio ou hidróxido de alumínio.

  • Antieméticos

    Não importa o tipo de viagem, se de carro, avião ou navio, é sempre bom ter um remédio para evitar enjôos, vômitos e náuseas. Além disso, tê-lo com você durante os passeios pode te ajudar muito.

  • Colírio lubrificante

    A diferença da umidade do ar, bem como muitos dias na praia, pode irritar os olhos. O colírio lubrificante será de grande ajuda nesses casos.

Para evitar a automedicação, é importante você conversar com o seu médico antes de pegar a estrada.

Aproveite também para verificar se o seu plano de saúde pessoa física oferece cobertura nacional, pois se você tiver qualquer problema de saúde, poderá contar com atendimento médico onde estiver.

Caso o plano não cubra o seu destino, tente mudar para um com cobertura mais abrangente. Se isso não for possível, você ainda pode contratar um seguro de viagem nacional e não ter que enfrentar as filas do SUS.

Para uma viagem internacional

Cp_Edk6WgAAFuAi

Converse com o seu médico sobre as medicações que você deve tomar, principalmente em caso de uma doença crônica. Verifique também as regras para levar medicações no avião.

Fonte: Andreia Silveira, colaboradora do site Plano de Saúde Nota 10.



Compartilhar no Facebook