Um novo Teste de Respiração pode detectar Câncer antes mesmo de você começar a apresentar sintomas!

Em um futuro não tão distante, o câncer poderá ser diagnosticado simplesmente como um bafômetro determina se você está apto ou não para dirigir. Pesquisadores financiados pela Cancer Research estão prestes a começar a testar um aparelho para detecção de câncer semelhante ao bafômetro, que eles esperam poder diagnosticar a doença através de simples mudanças químicas da respiração.

Image_9441

No Reino Unido, onde o ensaio está sendo realizado, cerca de metade dos cânceres atingem um estágio avançado antes do diagnóstico, em parte porque muitos dos primeiros sintomas (como azia e indigestão) podem ser confundidos com algo muito mais comum e muito menos prejudicial.

Isso faz com que encontrar um método barato e fácil para detectar o câncer desde o início - quando o corpo tem maior probabilidade de responder ao tratamento - é crucial!

Este método específico envolve produtos químicos chamados compostos orgânicos voláteis (VOCs), que podem ser produzidos pelo metabolismo das células do corpo. Várias condições de saúde, incluindo câncer, podem alterar o metabolismo da célula, resultando em um padrão diferente de COVs. Isso, acreditam os pesquisadores, pode ser usado como uma arma poderosa para alertar os médicos sobre a presença de câncer.

A equipe, liderada por Rebecca Fitzgerald, da Unidade de Câncer MRC da Universidade de Cambridge, planeja acumular e estudar a respiração de cerca de 1.500 pessoas no Hospital Addenbrooke em Cambridge, Reino Unido, até 2021. Alguns desses 1.500 terão sido encaminhados para o hospital por seu médico local porque relataram sintomas que podem ser lidos como sinais precoces de câncer. Outros serão controles saudáveis. A idéia é **comparar a respiração daqueles que são diagnosticados com câncer com àqueles que não ofereçam quaisquer indícios reveladores.

unnamed--12-

"Este é um estudo piloto, então primeiro estamos analisando uma série de cânceres para ver se recebemos um sinal e comparamos o sinal com indivíduos saudáveis", explicou Fitzgerald.

"Intuitivamente, o câncer de pulmão parece ser o câncer mais óbvio a ser detectado na respiração", continuou ela. "Mas devido à forma como os metabólitos são reciclados no corpo, muitas outras moléculas voláteis de outras áreas do corpo também acabam na respiração".

A esperança é que o estudo resulte em uma assinatura de respiração fixa que possa ser usada para determinar se há ou não câncer no corpo. Mas no melhor dos casos, haverá várias assinaturas que podem revelar exatamente que tipo de câncer é.

Ainda são estágios iniciais, mas se os resultados desse teste forem positivos, não serão apenas as pessoas com risco conhecido de câncer que podem se beneficiar do teste de respiração. Fitzgerald prevê isso como uma ferramenta de triagem que pode ser usada para detectar câncer nos primeiros estágios - antes que um paciente perceba os sintomas.

Saiba mais AQUI

Fonte: IFL Science



Compartilhar no Facebook