Terapia de Reposição Hormonal: Evite os comprimidos!

A terapia de reposição hormonal oral aumenta o risco de coágulos sanguíneos potencialmente fatais. Mas um estudo no BMJ descobriu que a reposição hormonal através da pele por injeção ou pelo adesivo não implica em aumento do risco de coágulos sanguíneos.

NINTCHDBPICT000261324030

Pesquisadores britânicos analisaram 80.396 mulheres que tiveram coágulos sanguíneos durante vários tipos de tratamentos com reposição hormonal, comparando-os com 391.494 controles. Após o ajuste para etnia, tabagismo, uso de álcool, condições médicas crônicas e outros fatores, eles descobriram que preparações orais aumentaram o risco global de coágulos em 43%. Drogas orais contendo estrogênio eqüino mais do que dobraram o risco em alguns tratamentos, embora o risco absoluto de coágulos sanguíneos seja pequeno.

protein-prods-cancer-fighting-t-cells-313742

Mas os tratamentos de pele, incluindo adesivos, cremes, géis e injeções sob a pele, não tiveram efeito sobre o risco de coágulos sanguíneos.

Cerca de 80% das mulheres no estudo usando terapia de reposição hormonal tomaram o medicamento por via oral, e entre as mulheres que usaram regimes transdérmicos, 87% usaram os adesivos na pele.

A autora principal, Dra. Yana Vinogradova, pesquisadora da Universidade de Nottingham, disse que aconselharia mulheres candidatas a terapia de reposição para começar com o adesivo de pele hormonal. "Se isso não ajudar, ou se houver problemas de pele, a mulher deve discutir com o médico o que acontecerá a seguir."

Compartilhe!

Fonte: The New York Times



Compartilhar no Facebook