"Terapia da Sanguessuga" é MELHOR para Dor nas Costas do que Fisioterapia!

As sanguessugas, sugadoras de sangue, são mais eficazes que o fisioterapeuta no combate às dores nas costas, revela um estudo.

Pessoas que sofrem de dor lombar crônica relataram que suas dores reduziram 50% após apenas uma sessão com meia dúzia de parasitas sugadores de sangue.

leech_1903240a

Os pacientes também cortaram seu uso de analgésicos em dois terços, de acordo com o primeiro teste de terapia contra a dor nas costas para dor lombar crônica.

Os participantes disseram que ao fazerem 1 hora de exercícios por semana prescritos pelo fisioterapeuta notaram pouquíssima melhora no quadro de dor.

Pesquisadores alemães afirmam que a saliva sanguessuga funciona como um analgésico e como relaxante muscular. Contém mais de 100 produtos químicos biologicamente ativos.

Eles disseram que seus resultados mostram que o tratamento medieval é mais eficaz do que fisioterapia, exercícios, ioga ou acupuntura no tratamento da dor nas costas.

Cerca de um em cada três britânicos é afetado a cada ano, tornando-se a maior causa de incapacidade. Isso significa que até 20 milhões de pessoas lutam com as dores nas costas anualmente.

“A terapia da sanguessuga parece ser superior ao exercício e à maioria das outras terapias não farmacológicas", disse Andreas Michalsen, pesquisador-chefe do Hospital Immanuel, em Berlim.

“Como a dor lombar crônica é uma queixa comum e a maioria dos pacientes estudados se beneficiou da terapia com as sanguessugas, existe um potencial relevante para essa terapia. O mecanismo predominante parece ser a saliva e sua ação farmacológica”.

1_dcfc195c-dfe3-4956-8f39-202dbaef62a9_grande

O estudo, envolvendo 44 pacientes, foi relatado na revista médica Deutsches Ärzteblatt International.

Cerca de metade dos participantes tinha uma sessão de 1 hora com entre 4 e 7 sanguessugas colocadas na parte inferior das costas. O outro grupo tinha quatro aulas semanais de terapia de exercícios.

Após 1 mês os sintomas de dor cairam 46% nos pacientes que fizeram a "terapia da sanguessuga", e apenas 7% no restante.

O uso de analgésicos caiu 70% naqueles cujo sangue foi sugado, comparado a 11% daqueles que faziam exercícios leves.

O que você acha dessa terapia? Dá para encarar?

Fonte: The Sun



Compartilhar no Facebook