Simulação mostra até onde uma tosse pode viajar em espaços públicos!

Esta simulação criada por pesquisadores finlandeses mostra até que ponto o novo coronavírus pode permanecer e se espalhar pelo ar, destacando a importância de evitar espaços públicos lotados durante a pandemia.

coughing

Quando uma pessoa tosse, espirra ou fala, ela pode projetar pequenas partículas de aerosol no ar, carregando consigo patógenos como os coronavírus. A simulação mostra como uma nuvem de partículas pode se espalhar além da vizinhança imediata de uma pessoa, levando alguns minutos para se espalhar e dispersar.

"Alguém infectado pelo coronavírus, pode tossir e se afastar, mas depois deixa para trás partículas extremamente pequenas de aerosol que carregam o coronavírus", disse Ville Vuorinen, professor assistente da Universidade de Aalto. "Essas partículas podem acabar no trato respiratório de outras pessoas nas proximidades".

A simulação é o resultado de modelos independentes executados individualmente por especialistas da Universidade de Aalto, Instituto Meteorológico Finlandês, Centro de Pesquisa Técnica VTT da Finlândia e Universidade de Helsinque, usando um supercomputador e visualizações tridimensionais.

A simulação levou em consideração os sistemas de ventilação e a velocidade do ar para determinar o movimento de partículas de aerosol menores que 20 micrômetros em um corredor entre as prateleiras, como você encontraria em um supermercado. Para comparação, as partículas de uma tosse seca são geralmente menores que 15 micrômetros.

researchersm.mp4

Embora a simulação não seja específica do SARS-CoV-2, o coronavírus responsável pela doença respiratória COVID-19, os pesquisadores dizem que os resultados destacam a importância de seguir as recomendações atuais para mitigar a propagação do vírus. Isso inclui ficar em casa, se sentir mal, praticar distanciamento físico e social, tossir no braço ou tecido e praticar boa higiene das mãos.

Visualizar os “movimentos invisíveis” das partículas virais é importante para entender como as doenças infecciosas se espalham e quais condições ambientais podem influenciar seus movimentos.

Fonte: IFL Science



Compartilhar no Facebook