Relatório anual de Alzheimer traz números alarmantes!

Saiu o relatório anual da “Alzheimer’s Association” do ano de 2016. E, acreditem, os números são alarmantes!

De acordo com o relatório, neste ano de 2017, a cada 66 segundos, um norte-americano irá desenvolver a doença. E tem mais: até 2050 o número deve ser de um doente a cada 33 segundos, ou seja, o dobro!

Pasmem, são aproximadamente 478 mil novos casos por ano apenas na América do Norte. E a tendência é que esse crescimento seja repetido no mundo todo!

160c3fcec8836f58514832e19e5297d0_M

Para se ter noção, vejam os números do relatório feito nos Estados Unidos:

  • O Alzheimer tem um índice de mortalidade mais alto do que os de câncer de mama e de próstata juntos!

  • 1 a cada 3 idosos com mais de 65 anos morrem com a Doença de Alzheimer ou outra demência;

  • Mais de 5 Milhões de norte-americanos sofrem com a Doença de Alzheimer. Em 2050 esse número pode chegar a 16 milhões apenas nos Estados Unidos;

  • Em 2017, a doença de Alzheimer irá gerar um gasto total de aproximadamente 259 bilhões de dólares apenas para os Estados Unidos. Em 2050 esse número pode subir para 1,1 trilhão!

  • São 239 mil casos de Alzheimer a cada semestre;

c03fd54abe7d17fef26f2b

  • 90% das pessoas que desenvolvem Alzheimer moram em países de baixa renda;
  • Desde o ano de 2000 as mortes por doença cardíaca diminuíram em 14% enquanto que as mortes causadas pelo Mal de Alzheimer subiram para 89%;
  • O Alzheimer é a quinta maior causa de morte entre idosos com mais de 65 anos de idade;
  • Os idosos portadores de Alzheimer tem o dobro de internações hospitalares comparado aos outros números de idosos sem Alzheimer.
  • Nos Estados Unidos, as pessoas com Alzheimer recebem a maior parte do seu tratamento em casa.

Além dos números alarmantes, o novo relatório da “Alzheimer’s Disease International” trouxe um estudo de pesquisadores do King’s College London e da London School of Economics and Political Science (LSE), que diz que a grande maioria das pessoas com Alzheimer ainda não recebeu nem o diagnóstico.

Um fato muito curioso é de que 90% das pessoas com demência moram em países de baixa ou média renda. Ou seja, países mais pobres. Outra curiosidade é que metade das pessoas com demência em países de alta renda ainda não tiveram diagnóstico.

geronto

Além disso, o número de diagnósticos no total deve triplicar até 2050. Ou seja, pensar em quanta gente já tem a doença e ainda não foi diagnosticado é fundamental para que nos lembremos da importância da conscientização dos sintomas do Alzheimer e da importância do diagnóstico precoce!

E, a parte mais alarmante: De acordo com o relatório, nos últimos 15 anos, as mortes por doenças cardíacas diminuíram em 14%, de câncer de próstata em 9%, AVC (Acidente Vascular Cerebral) em 21%, HIV em 54% ... Em contrapartida, as mortes causadas pelo Alzheimer aumentaram em nada menos que 89%!

Ou seja: A palavra de ordem é Conscientização!

bc1f3aa6a93ceb9bb28a73ff24508ba9

Em meio a essa epidemia declarada da Doença de Alzheimer, é necessário insistir em conscientização!

Conscientização sobre a prevenção, sobre a necessidade de compreender e ajudar as famílias que sofrem com essa doença, sobre a dismistificação da Doença de Alzheimer. Uma sociedade mais conscietizada sobre o Alzheimer é o que desejamos.

A conscientização se dá principalmente através da informação constante! Informações de qualidade e esclarecedoras sobre a doença são essenciais!

Compartilhe esse artigo e ajude a conscientizar o máximo de pessoas possível!

Fonte: Alzheimer 360



Compartilhar no Facebook