Protetor Solar: Substâncias Químicas PERIGOSAS penetram na Pele e entram na Corrente Sanguínea!

Um novo estudo da Food and Drug Administration (FDA) dos EUA sugere que produtos químicos em filtros solares penetram em nosso sangue em níveis potencialmente inseguros.

No entanto, tanto a FDA quanto os cientistas são rápidos em avisar que você não deve descartar o filtro solar e ainda enfrentar o Sol desprotegido.

intro

Analisando os filtros solares em spray, loções e cremes, os pesquisadores descobriram que 4 produtos químicos - avobenzona, oxibenzona, octocrileno e ecamsule - estavam presentes no sangue em níveis surpreendentemente altos após o uso.

Níveis, na verdade, muito mais altos do que o limite da FDA para medicamentos tópicos que devem passar por testes de segurança.

"Não é como se eles tivessem ido um pouco", disse Kanade Shinkai, dermatologista da Universidade da Califórnia em São Francisco, em um comunicado. "É realmente muito alto, ordens de magnitude mais altas que isso."

Embora os resultados pareçam um pouco alarmantes, o estudo envolveu apenas 24 pessoas em um ambiente baseado em laboratório. Portanto, a absorção desses produtos químicos pode ser diferente em ambientes da vida real, onde as pessoas estão, por exemplo, nadando no mar ou trabalhando fora.

Além disso, os filtros solares foram testados “em condições de uso máximo”, o que significa que foram aplicados quatro vezes ao dia durante quatro dias em três quartos do corpo de cada pessoa. Mesmo com as melhores intenções, muitos de nós provavelmente não aplicam o protetor solar com tanta rigor, embora seja recomendado maximizar a proteção contra o sol.

unnamed--17-

Mais pesquisas são necessárias para apoiar as descobertas e descobrir exatamente quais são os impactos sobre a saúde desses produtos químicos.

Ainda assim, o perigo representado pela exposição aos raios UV nocivos do sol provavelmente supera em muito o risco potencial que os protetores solares químicos podem representar.

Passar tempo sob a luz do sol sem proteção pode levar ao câncer de pele, uma doença que está em ascensão. Ela afeta predominantemente aqueles com pele clara, mas qualquer um pode ser afetado. Cerca de 90% dos cânceres de pele não melanoma estão ligados à exposição ao sol, portanto, uma ajuda generosa de protetor solar pode realmente prevenir a doença.

"Eu estou preocupado que as pessoas vão parar de usar protetor solar", disse Shinkai. "Sabemos que a luz ultravioleta do sol tem efeitos deletérios sobre a pele. Ela causa o fotoenvelhecimento. Causa queimaduras solares. E, como tal, causa melanoma e [outros] câncer de pele."

A razão pela qual a presença de produtos químicos de proteção solar no sangue precisa ser investigada é que eles podem atrapalhar nossos hormônios. As substâncias químicas em questão são conhecidas como anéis químicos, que podem entrar em nossas células e formar as bases fundamentais de muitos hormônios. Estudos em animais sugeriram anteriormente que os produtos químicos de proteção solar podem alterar o delicado equilíbrio hormonal do corpo.

Se você está preocupado com o uso de protetores solares químicos, os filtros solares minerais são uma boa alternativa comprovada como totalmente segura. No entanto, o novo estudo não mostra que os filtros solares normais são perigosos.

"O fato de que um ingrediente é absorvido através da pele e no corpo não significa que o ingrediente é inseguro", observa o FDA. "Pelo contrário, esta descoberta exige mais testes para determinar a segurança desse ingrediente para uso repetido."

sunscreen-how-much-do-you-need

“Esses resultados não indicam que os indivíduos devam se abster do uso de protetor solar”, concluem os autores do estudo. Suas descobertas são publicadas no Journal of the American Medical Association.

Fonte: IFL Science



Compartilhar no Facebook