Precisamos mesmo tomar remédio contra vermes todos os anos?

Muitas pessoas acreditam que é importante tomar remédios contra vermes ao menos uma vez ano. No entanto, esse tratamento periódico não é indicado para a população em geral, apenas em algumas comunidades mais, sendo uma estratégia mais interessante do que a pesquisa de parasitas nas fezes seguido do tratamento dos casos positivos.

0--39282052-00

A Organização Mundial de Saúde recomenda o tratamento periódico de pessoas expostas a um maior risco de parasitoses que estejam vivendo em áreas de maior prevalência. Este grupo de risco inclui crianças de 1 a 14 anos de idade e trabalhadores com riscos ocupacionais como mineradores e alguns trabalhadores do campo.

Pessoas em áreas com prevalência de parasitoses acima de 20% devem receber tratamento anualmente e se a prevalência for maior que 50% elas devem receber tratamento a cada 6 meses.

Quais doenças os vermes causam?

Rem-dios-Caseiros-para-Tratar-a-Ten-ase-em-Humanos

As parasitoses gastrointestinais são extremamente prevalentes no Brasil atingido até 34% da população em certas áreas mais carentes. Quanto menor forem as condições de saneamento básico, a renda familiar e o grau de escolaridade de uma comunidade, maior será a ocorrência de infestação por parasitas nesta população.

As principais infestações parasitárias são giardíase, ascaridíase, ancilostomíase, tricuríase, enterobíase, estrongiloidíase e amebíase. Porém, nem todos parasitas são patogênicos. Entamoeba coli e Endolimax nana são parasitas frequentemente encontrados nos exames parasitológicos de fezes, mas habitualmente não causam doenças.

O quadro clínico é extremamente variável. Pode apresentar-se como uma infestação assintomática ou com sintomas como perda de apetite, prurido anal, fadiga, irritabilidade, náuseas, vômitos, dor abdominal (desconforto leve ou cólicas intensas), distensão abdominal e diarreia. Tem-se também formas graves com desnutrição, anemia, sintomas respiratórios e até mesmo óbitos causados por parasitoses.

Como prevenir essas doenças?

Devemos lembrar dos cuidados para prevenir a ocorrência destas doenças. São importantes cuidados a serem tomados:

  • Utilizar água filtrada, tratada quimicamente com hipoclorito de sódio ou fervida
  • Lavar frequentemente e de forma adequada as mãos
  • Não andar descalço em locais onde possa ocorrer a presença de parasitas
  • Lavar as frutas, legumes e verduras antes do uso
  • Evacuar em local apropriado e manter as instalações sanitárias limpas
  • Manter os alimentos, depósitos de água e lixeiras cobertos
  • Preferir alimentos cozidos

Quando eu realmente preciso tomar um vermífugo?

f3fa39ad0c1d76ab27f97653537009c5

Temos várias formas de chegar ao diagnóstico a depender da parasitose que se suspeita. Os exames podem incluir pesquisa de parasitas ou de antígenos nas fezes, método de Graham (método da fita adesiva) ou biópsias do trato gastrointestinal em exames endoscópicos.

Uma vez indicado o tratamento temos a disposição algumas opções de antiparasitários como:

  • Nitazoxanida
  • Albendazol
  • Secnidazol
  • Metronidazol
  • Mebendazol
  • Tinidazol
  • Ivermectina.

Estes medicamentos costumam ser bem tolerados, embora possam causar efeitos adversos como:

  • Dor abdominal
  • Dor de cabeça
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Gosto metálico na boca
  • Tonteira
  • Dor muscular
  • Coloração amarelada ou esverdeada em urina ou esperma.

Durante o uso do metronidazol não devem ser consumidas bebidas alcoólicas. Por fim, deve-se ressaltar que estes medicamentos podem estar contraindicados para gestantes (principalmente no primeiro trimestre de gestação) e lactantes.

Fonte: Minha Vida



Compartilhar no Facebook