Perdeu o Olfato depois do COVID? As terapias podem ajudar a trazê-lo de volta!

Então, você teve COVID-19 alguns meses atrás e ainda não consegue sentir o cheiro daquela primeira xícara de café fumegante da manhã?

Existe alguma coisa que você possa fazer para apressar o retorno desse sentido vital? Os especialistas dizem que sim, incluindo "fisioterapia" para o nariz!

file-20210124-19-siay84

"Na maioria dos casos, a perda do olfato é temporária, mas pode levar meses ou até anos para se recuperar", disse a pesquisadora Dra. Tran Locke. Ela é professora assistente de otorrinolaringologia - cirurgia de cabeça e pescoço no Baylor College of Medicine, em Houston.

Pessoas com perda prolongada do olfato após a recuperação do COVID-19 devem consultar um especialista em ouvido, nariz e garganta para descartar outras causas, de acordo com Locke e seu colega, Dr. Sunthosh Sivam.

"Alergias sazonais ou doença inflamatória dos seios da face também impediriam sua linha de base do olfato e sua capacidade de se recuperar dos efeitos de uma infecção como a COVID-19", disse Sivam. Ele também é professor assistente de otorrinolaringologia - cirurgia de cabeça e pescoço em Baylor. "Queremos minimizar quaisquer problemas inflamatórios primeiro".

Pacientes com perda de olfato devido ao COVID-19 podem receber prescrições de esteróides nasais ou enxágues para reduzir a inflamação. Se a perda do olfato persistir, a próxima etapa é o retreinamento olfativo, que ambos os especialistas descrevem como fisioterapia para o nariz.

Os pacientes cheiram suavemente diferentes óleos essenciais ou ervas com aromas familiares por 20 segundos, enquanto se concentram em suas memórias e experiências associadas a esses aromas. Rosa, limão, cravo e eucalipto são comumente usados, mas os pacientes podem escolher seus próprios aromas. Os pacientes devem fazer duas sessões por dia durante quatro a seis meses.

"É preciso paciência. Quanto mais você treinar, melhor será o resultado", disse Locke. "Recomendo que os pacientes encontrem um lugar tranquilo onde não sejam incomodados, para que possam dar toda a atenção à prática."

freepressjournal_2020-07_589ddba6-3be3-4d23-b652-80e8daf5612f_etc_3rd_lead_july_21

Sivam disse que os pacientes devem controlar suas expectativas antes de iniciar o regime, porque eles podem não recuperar o mesmo nível de cheiro que tinham antes de serem infectados com COVID-19.

“Quando você sente o cheiro de uma rosa, sua caracterização pode ser diferente de antes da perda do cheiro”, disse Sivam. "Você está reaprendendo como cheira uma rosa com seu novo status olfativo. Falo com meus pacientes sobre a construção de um novo vocabulário de cheiros."

Como o olfato e o paladar estão intimamente ligados, muitos pacientes que perdem o olfato após se recuperarem do COVID-19 também perdem o paladar, observou Locke.

É fundamental conversar com seu médico antes de tentar qualquer método para restaurar o olfato, enfatizaram os médicos.

"Se você não sentir o cheiro por 2 semanas, é importante fazer uma consulta", disse Locke. "Pode ser devido ao COVID-19. Pode não estar relacionado. De qualquer forma, acho que ter um médico para avaliar a condição é importante para evitar o autotratamento, resultando em atraso no diagnóstico."

Fonte: MedicalXpress



Compartilhar no Facebook