PEDRA de 1,3 kg e 18 cm é retirada da Bexiga de um Homem na Bahia!

Um caso muito raro chocou os internautas nas últimas semanas. Isso porque, um trabalhador rural da cidade de Jacobina, no interior da Bahia, precisou ser submetido a uma cirurgia para retirar uma pedra com mais de 1,3 kg e 18 cm que estava na bexiga.

paciente-620x347

"Assim que vimos a pedra, levamos um grande susto. Ninguém da nossa equipe médica, em toda a carreira, deparou-se com algo parecido. E conseguimos confirmar que se trata da maior pedra retirada de uma bexiga no país, pelo menos", revelou Éverson Matt, diretor-médico do Hospital Antônio Teixeira Sobrinho, onde foi realizada a cirurgia.

De acordo com o especialista, o paciente relatava sentir dores na região e ardência ao urinar há quase 10 anos. Contudo, no início deste ano os sintomas pioraram e ele decidiu procurar ajuda médica.

Após realizar diversos exames, foi constatado que o homem tinha um cálculo de 10 cm na bexiga e o paciente, então, foi encaminhado para Salvador, onde foi alertado sobre a necessidade de realização da cirurgia.

"Uma bexiga normal, quando está vazia, tem o tamanho de uma pera. A pedra tinha o dobro desse tamanho", contou o Éverson Matt.

csm_1pedra_bexiga_paciente_miguel_calmon_jacobina_foto_reproducao_21b9753ded

O procedimento durou cerca de 1h, que contou com a participação de seis médicos. O paciente, que não teve nome divulgado, já está bem e deve receber alta nos próximos dias

Os especialistas estão verificando na literatura médica se existe outro caso como esse. Em 2017, um americano de 64 anos teve um pedra de 12 cm e 770 g removida da sua bexiga. Já em 2012, um paciente chinês teve uma pedra de 1 kg retirada do órgão.

Como ocorrem os cálculos na bexiga?

Cálculos na bexiga são massas duras de minerais que se concentram na bexiga. Também chamadas de pedras na bexiga, os cálculos se desenvolvem quando a urina na bexiga torna-se concentrada, fazendo com que os minerais presentes naturalmente na urina se cristalizam.

Fonte: Minha Vida



Compartilhar no Facebook