O que é Sarcopenia? Creatina e Exercícios podem ajudar a evitar perda de massa muscular!

Sarcopenia é o nome que se dá para a perda de massa muscular decorrente do processo de envelhecimento e que tem impacto negativo sobre a força e a função muscular.

Isso resulta em dificuldades para a realização de atividades de vida diária, como caminhar e se movimentar em geral, e prejudica ainda a ingestão adequada de nutrientes e energia.

sarcopenia-capa-730x456

Em 2016, a Organização Mundial da Saúde (OMS) atribuiu à sarcopenia seu próprio código internacional de doença. De acordo com a OMS a doença já acomete entre 8% e 13% da população acima de 60 anos.

Em decorrência do envelhecimento da população mundial, a ocorrência da sarcopenia tem aumentado significativamente e com isso os esforços para combater a doença também aumentaram expressivamente.

As diversas entidades de saúde envolvidas no combate à sarcopenia ressaltam que a associação de estratégias de nutrição adequadas e exercício físico é primordial para combater o quadro. Assim sendo, não poderíamos deixar de falar do suplemento nutricional mais estudado até o momento: a creatina.

nutricao-esportiva-creatina-600x400

Uma revisão sistemática publicada na revista "Frontiers in Nutrition" (Fronteiras na Nutrição) aponta os vários mecanismos pelos quais a suplementação de creatina é capaz de potencializar os efeitos dos exercícios resistidos que são fundamentais para o ganho de massa musculare, consequentemente, para o combate à sarcopenia.

Muitos dos estudos citados foram realizados com indivíduos acima de 40 anos, justamente com o objetivo de mostrar que a suplementação com creatina também funciona em indivíduos mais velhos e que, portanto, deve ser incorporada no tratamento da sarcopenia.

De acordo com os autores, a principal vantagem proporcionada pela creatina para o combate à doença é a redução do catabolismo (destruição) muscular decorrente de sua função protetora sobre a mitocôndria.

A revisão aponta ainda que a suplementação com creatina é segura, mesmo em indivíduos idosos, não existindo evidências de que a creatina cause qualquer problema renal, como muitos erradamente acreditam.

muscula--o-e-terceira-idade

Outro artigo de revisão publicado muito recentemente aborda exatamente esse aspecto de segurança deste suplemento sobre o sistema renal (rins), hepático (fígado) e cardiovascular (coração, veias e artérias).

Em resumo, temos que aceitar que a sarcopenia é uma doença que todos nós enfrentaremos mais cedo ou mais tarde e, portanto, quanto antes iniciarmos o processo de prevenção e tratamento, melhores serão os resultados.

Literatura:

- Candow D et al. Variables Influencing the Effectiveness of Creatine Supplementation as a Therapeutic Intervention for Sarcopenia, Frontiers in Nutrition, 6:124, 2019.

- Souza e Silva A et al. Effects of Creatine Supplementation on Renal Function: A Systematic review and Meta-Analysis, Journal of Renal Nutrition, 2019.

Fonte: Eu Atleta



Compartilhar no Facebook