Mozart é um Santo Remédio: Música clássica DIMINUI Dores e Inflamações!

Certamente você já deve ter ouvido sua avó dizer que “Quem canta seus males espanta”. Porém, a ciência acaba de comprovar que esta afirmação é muito mais do que sabedoria popular e que a música clássica possui um altíssimo poder de cura.

Pesquisadores da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, afirmaram que escutar música clássica é bom para a saúde física, já que ajuda a reduzir dores e inflamações.

PROD-MAIN-PRODUCTION

Para chegar a este resultado, os cientistas deixaram camundongos ouvirem 3 horas de Mozart por dia, durante 21 dias, sendo que todos eles estavam com cortes e inflamações nas patas. E o resultado não poderia ser mais surpreendente: após este período, os bichos que escutaram o maestro aguentaram 77% a mais as dores do que os ratos que não ouviram nenhum tipo de música.

Os pesquisadores também descobriram que as canções aumentaram a eficácia de alguns medicamentos, como os analgésicos.

O cientista responsável por conduzir a pesquisa – Grzegorz Bulaj, afirmou que apesar de existirem diversas correntes de cura musical, nem todos os gêneros são adequados para melhorar a saúde.

29190f0saude-mulher-relaxando-20161104-004-635x423

Mozart foi escolhido porque pesquisas já haviam confirmado que a repetição rítmica de suas composições possuem efeito calmante no sistema nervoso humano.

Se você ainda não aprecia, talvez este seja um bom momento para começar a incluir a música clássica em sua vida!

Fonte: Hypeness



Compartilhar no Facebook