Jovem Morre após Médicos confundiram Problema Mortal com Constipação!

Um saudável adolescente de Porth, no País de Gales, passou por um problema de saúde bastante incomum e que nem todos conhecem. O garoto, chamado Jack Dunn, tinha apenas 17 anos e parecia completamente saudável quando algo inesperado aconteceu, causando muita dor e desconforto.

O garoto começou a sentir dores extremamente fortes na região do estômago, isso causava dificuldades até para ele caminhar normalmente.

Feb05_Part04_03_dead-in-the-bed-798x418

Preocupados com o que acontecia com o filho, como qualquer um ficaria, seus pais correram com ele para o hospital local para tentar descobrir o que estava errado. Quando estavam no hospital, os médicos tentaram ajudar o garoto fazendo diversos exames para descobrir a causa das dores. Os resultados saíram e foi chocante, mas parecia um alívio para todos presentes por não se tratar de uma ameaça à vida do garoto.

Jack foi diagnosticado com uma constipação severa. Depois do diagnóstico, os médicos receitaram um certo tipo de laxante que o ajudaria a lidar com aqueles desagradáveis sintomas, e então o jovem foi mandado de volta para casa para uma recuperação tranquila.

No entanto, para Jack, o sofrimento acabava naquele momento. Apenas 24 horas depois de ser liberado pelo hospital local, o pai dele, Kieron, o encontrou morto em seu quarto. Depois que ele faleceu, os pais de Jack não entendiam por que os médicos não estavam nada preocupados com as intensas dores que ele sentia.

Depois de um ultrassom do estômago que visava apenas confirmar que não havia uma ruptura do apêndice, eles foram levados a crer que o problema se tratava de uma comum constipação e deixou o garoto seguir seu caminho. De acordo com o pai de Jack, ele também se submeteu à uma varredura de bexiga e os resultados não se mostraram ser motivos para se preocupar, o que os fez voltar para a casa com o filho, onde a tragédia aconteceu.

Mesmo com seus testes e avaliações da condição de Jack, parecia que os médicos não conseguiram encontrar a causa real de tantas dores, o que acabou sendo uma cetoacidose diabética.

Esta condição é uma complicação que surge em pessoas que têm diabetes. Ela acontece quando o corpo faz aumentar os níveis de cetonas, que são um tipo de ácido no sangue. Os pais de Jack perceberam que, se o filho deles tivesse realizado um teste de glicose, essa circunstância infeliz e dolorosa poderia ter sido evitada.

JS142707026-1

Por ele não ter sido examinado e testado sobre este problema, nada parecia muito errado com Jack, o que causou a sua morte por um diagnóstico errado.

Se os médicos tivessem desconfiado de que se tratava de um caso de cetoacidose, a insulina ou outras prescrições simples poderiam facilmente tratar e aliviar os sintomas.

Além das intensas dores no estômago, outros sintomas da doença podem incluir confusão, sede extrema, fadiga, respiração rápida e um desejo incomum de urinar com freqüência. Os pais de Jack vêem a situação como um caso infeliz de erro de diagnóstico por parte dos médicos e percebem que, se ele fosse tratado com mais atenção, ainda poderia estar vivo.

Embora eles possam nunca se recuperar e serem capaz de esquecer esta triste perda, eles agora querem espalhar a palavra sobre a cetoacidose diabética na tentativa de salvar outras vidas. Você já ouviu falar deste problema?

Fonte: "Apost



Compartilhar no Facebook