Implante que controla apetite pode substituir cirurgia bariátrica!

A cirurgia de redução do estômago, ou cirurgia bariátrica, algumas vezes é o último recurso para quem luta contra a obesidade ou tem sérios problemas de saúde devido ao peso. Mas ela é muito invasiva e tem um período de recuperação dos pacientes relativamente longa.

E que tal substituir toda a cirurgia por um pequeno implante que modera o apetite?

tiny-wireless-device-could-be-the-answer-to-obesity-with-the-hopes-of-losing-weight

O aparelho usa um pequeno LED para ativar as terminações nervosas no nervo vago, gerando sensação de saciedade

Esta é a ideia de médicos e pesquisadores da Universidade A&M do Texas (EUA), que criaram um dispositivo médico que pode ajudar na perda de peso e requer um procedimento operatório mais simples para implantação.

O dispositivo, com 1 centímetro de comprimento, fornece a sensação de saciedade estimulando as terminações do nervo vago com luz. Ao contrário de outros dispositivos, que requerem um cabo de alimentação, este implante é sem fio e pode ser controlado externamente a partir de uma fonte de radiofrequência.

"Queríamos criar um dispositivo que não apenas exigisse cirurgia mínima para implantação, mas também nos permitisse estimular terminações nervosas específicas no estômago," disse o Dr. Sung Il Park. "Nosso dispositivo tem o potencial de fazer essas duas coisas em condições gástricas adversas, o que, no futuro, pode ser extremamente benéfico para pessoas que precisam de cirurgias dramáticas para perda de peso."

020110210115-implante-substituir-cirurgia-bariatrica-1

Apesar de minúsculo, o aparelho contém uma complicada eletrônica embarcada.

Controle das terminações nervosas

Olhando mais adiante, o pesquisador afirma que o implante também poderá ser usado no futuro para manipular as terminações nervosas ao longo do trato gastrointestinal e outros órgãos, como o intestino, com pouca ou nenhuma modificação.

"A optogenética sem fio e a identificação de vias neurais periféricas que controlam o apetite e outros comportamentos são de grande interesse para pesquisadores nos campos do estudo básico e aplicado em eletrônica, ciência dos materiais e neurociência," disse Park. "Nossa nova ferramenta agora permite interrogar a função neuronal nos sistemas nervosos periféricos de uma forma que era impossível com as abordagens existentes."

Checagem com artigo científico:

Artigo: Organ-specific, multimodal, wireless optoelectronics for high-throughput phenotyping of peripheral neural pathways
Autores: Woo Seok Kim, Sungcheol Hong, Milenka Gamero, Vivekanand Jeevakumar, Clay M. Smithhart, Theodore J. Price, Richard D. Palmiter, Carlos Campos, Sung Il Park
Publicação: Nature Communications
Vol.: 12, Article number: 157
DOI: 10.1038/s41467-020-20421-8

Fonte: Diário da Saúde



Compartilhar no Facebook