Festas de Final de Ano: Faça as Pazes com a Comida e seja Feliz!

Natal, Ano Novo e demais festas de confraternização! Este é o momento de você parar de contar calorias, parar de ficar chateado porque “comeu demais” e parar de achar que vai “compensar” já no primeiro dia de 2020.

Isso faz mal! Para o nosso corpo e, principalmente, para nossa mente. Comer é um ato social. É um ato confortante. É um ato singular ― cada um tem sua própria relação com a comida.

Peer_Pressure_Food-1280x533

Se você quer comer seu queijo coalho na praia, seu pastelzinho e seu camarãozinho no espeto, todos acompanhados por uma cervejinha bem gelada ou uma caipirinha bem adocicada e finalizando com um açaí com leite condensado e leite ninho, faça isso!

Afinal, quer coisa mais gostosa do que aproveitar o bom tempo com as pessoas que você curte, fazendo coisas que você curte?

img-b4171493b8072934

Para deixar claro: não estou falando aqui sobre a fome emocional ou descontar todo o estresse e frustração com este ano ― e que ano! ― na comida. Não é isso.

Estudos comprovam que comer com mais atenção e saborear mais a comida é a chave para uma alimentação saudável. Salvas exceções, fazer as pazes com a comida tem se mostrado mais efetivo para a prevenção da obesidade do que remédios e dietas de restrição calórica.

maceio

A alimentação, além de nutrir nosso corpo, também exerce um papel fundamental em nossos círculos sociais e em nossa saúde mental.

Abrir mão de um evento ou de um momento com seus amigos ou familiares porque você tem medo de “sair da dieta” é um erro enorme. Causa ansiedade, culpa e pode até culminar em transtornos alimentares e, assim, te fazer comer ainda mais.

Como diz a nutricionista franco-brasileira Sophie Deram:

Pare de se fiscalizar ou fiscalizar os outros, ditando o que pode ou não pode comer. Comer bem é comer de tudo, sem culpa, sem restrição, com prazer, e escutando suas emoções e fome.

Temos todo o tempo do mundo para por em prática o tal do “projeto verão” ― se ele fizer sentido para você, né? Nestas festas de fim de ano, simplesmente aproveite o que está ao seu redor. Se conseguir aproveitar com moderação, que bom. Se não conseguir, vida que segue.

Confie em você! Escute seu corpo! Quem é dono da sua fome é você!

Fonte: Huffpost Brasil



Compartilhar no Facebook