Está com tosse? Chocolate pode ser um remédio!

Da próxima vez que tiver uma crise de tosse, fuja dos xaropes e invista em chocolates. Pelo menos é isso que sugere uma nova pesquisa que estudou o doce. Segundo os resultados, o alimento possui substâncias que podem beneficiar o funcionamento dos sistemas respiratório e nervoso, como explica o otorrinolaringologista do Hospital CEMA, Cícero Matsuyama.

Caring-forCough_740x400

Por que chocolate alivia tosse?

O poder do chocolate está em uma substância chamada teobromina. Segundo pesquisadores da Imperial College London, o ingrediente é capaz de suprimir a atividade do nervo vago, responsável por causar as tosses, e se mostrou quase um terço mais eficiente do que a codeína, uma das principais substâncias dos xaropes. Sem contar que, de acordo com os cientistas ingleses, a teobromina produz menos efeitos colaterais do que os tratamentos convencionais, que, em geral, deixam os pacientes sonolentos.

Além disso, uma pesquisa realizada pelo professor Alyn Morice, chefe de estudos cardiovasculares e respiratórios da Universidade de Hull e membro fundador da Sociedade Internacional do Estudo da Tosse, constatou que o chocolate pode ser ainda mais eficaz do que o consumo de mel com limão.

images--3-

Isso se dá pela textura do chocolate, que ajuda a proteger as terminações nervosas da garganta.

Mas antes de mergulhar de cabeça nesse tratamento, fique atento. Segundo Matsuyama, é preciso cautela no consumo, pois ele pode piorar os sintomas em alguns casos.

Tosse causada por refluxo gastroesofágico é exemplo de quadro que tende a não responder bem ao consumo de chocolate. "O chocolate só funciona bem em tosses causadas por irritação das vias respiratórias.". Tipo de tosse que, segundo o otorrinolaringologista, é acompanhada por corizas, nariz entupido, dor no corpo, mal-estar e febre. Já as tosses ligadas a refluxos são mais secas, acontecem com mais frequência na parte da manhã e, em geral, estão relacionadas ao exagero na ingestão de certos tipos de comidas e bebidas. Mas, na dúvida, segue a recomendação padrão: procure um médico.

Aos pacientes com tosses causadas por irritação respiratória e liberados a comer chocolate, cuidado com os exageros. "Não é preciso comer uma barra toda para que se tenha o efeito esperado. Basta comer pequenos pedaços umas 3 vezes ao dia", sugere Matsuyama.

chocolate-em-barra-guloseima-1518791020009_v2_615x300

Além disso, não é todo tipo de chocolate que ajuda.

A regra é: quanto mais cacau, melhor, portanto, opte pelo chocolate amargo. Já com relação ao formato, as barras ganham da versão líquida. Gostou da novidade? Compartilhe!

Fonte: Vix.com



Compartilhar no Facebook