Espinhas estranhas que simplesmente não vão embora? Você pode ter "Acne fúngica"!

Você tem um tipo de acne que, apesar de todos os seus esforços para tratá-la, ela nunca desaparece? É vermelha, costuma coçar, e é também um pouco diferente da outra acne que você vê de vez em quando? Bem, você pode ter a chamada acne fúngica.

Acne fúngica ou fasceíte de Malassezia (Pityrosporum) é um tipo de acne, que é comumente diagnosticada erroneamente como apenas uma acne bacteriana comum.

post-426921-0-60808000-1412311643

Mas a maneira de tratá-la é completamente diferente, então, a menos que você esteja ciente do que é, você pode até mesmo piorar a infecção, e não melhorar.

A acne fúngica é causada por um tipo de levedura chamado Malassezia. Embora seja encontrada naturalmente na pele de muitos animais, incluindo os seres humanos, por ser um patógeno oportunista significa que às vezes formará pequenos inchaços e espinhas no peito, braços, costas ou rosto.

"Nossa pele é como uma placa de Petri gigante", disse Adam Friedman, dermatologista da Escola de Medicina da Universidade George Washington.

"Parece nojento, mas existem mais de 500 espécies bacterianas, sem contar vírus ou fungos. Elas são como uma camada extra de proteção, elas combatem potenciais patógenos. Elas mantêm tudo sob controle. Mas se você interromper esse equilíbrio, outras coisas podem assumir. "

Uma vez que o fungo tenha encontrado um lugar para se aninhar, ele fechará o folículo, deleitar-se-á com o óleo em sua pele e continuará a se reproduzir.

"Muitas vezes mal diagnosticada ... é fácil errar e, portanto, é provavelmente subdiagnosticada", explicam Richard M. Rubenstein e Sarah A. Malerich em um artigo de 2014.

"É comumente encontrado em pessoas que vivem em climas quentes e úmidos, particularmente aqueles afetados pela transpiração excessiva, e é relatado como mais comum em homens."

Pityrosporum_folliculitis_2

O uso de imunossupressão e antibióticos, que podem perturbar o equilíbrio entre as bactérias da pele natural e a levedura, também podem desencadear esse tipo de acne.

Então, o que você deve fazer se suspeitar ter acne fúngica?

Vá ao médico. Espero que eles possam investigar mais e confirmar suas suspeitas. Na maioria dos casos, eles podem oferecer um creme antifúngico ou antifúngico oral.

E conte para seus amigos. Quanto mais pessoas souberem disso, menor será a probabilidade de ser diagnosticada incorretamente.

"É importante considerar este diagnóstico em pacientes que não respondem aos medicamentos típicos da acne", acrescentou Rubenstein e Malerich. "A foliculite por malassezia pode persistir por muitos anos se for diagnosticada incorretamente."

Compartilhe!

Fonte: Science Alert



Compartilhar no Facebook