Correr NÃO desgasta os Joelhos... Pode ser FATOR PROTETOR para Menisco e Cartilagens!

“Correr é uma sobrecarga e representa um sofrimento para o joelho”. Essa frase seria bem aceita em qualquer grupo de conversas e talvez até considerada óbvia. Mas, surpreendentemente, as poucas evidência científicas que existem a esse respeito dizem justamente o contrário: correr não piora o desgaste nos joelhos. E pesquisadores de Londres acabaram de publicar mais uma pesquisa indo na mesma direção.

running-articolazioni-agavefarmaceutici

Esse grupo britânico avaliou 83 maratonistas de meia-idade. Foram feitas ressonâncias magnéticas de seus joelhos antes de um período de treinamento de seis meses para maratona e 15 dias após o término da prova.

Uma das descobertas mais interessantes revelou que 36% dos joelhos analisados antes da maratona tinham lesão de menisco e 65% tinham alguma lesão na cartilagem, sendo todos absolutamente sem sintomas. Isso mostra que alterações de imagem são esperadas em praticantes de esporte que não tenham queixa e podem não representar um problema em si.

Após a maratona, as lesões de meniscos surpreendentemente melhoraram, o mesmo acontecendo com algumas partes da cartilagem do joelho, enquanto outras porções dessa estrutura pioraram.

A conclusão dos pesquisadores é de que a corrida pode proteger o joelho de alguma forma.

carousel

Mas devemos olhar para os resultados com mais cautela, já que interpretação e comparação de imagens de ressonância magnética são trabalhos complicados e muito sujeitos à subjetividade.

De qualquer forma, mais uma pesquisa vem mostrar que a corrida não é um vilão para os joelhos e apaziguar um pouco o medo do esporte!

Fonte: Eu Atleta



Compartilhar no Facebook