Cientistas criam Tomate com Medicamento para Parkinson!

Cientistas do Centro John Innes, na Inglaterra, conseguiram produzir um tomate enriquecido com o medicamento L-DOPA (Levodopa) para o controle da doença de Parkinson.

O experimento, publicado em novembro no periódico Metabolic Engineering, mostrou que uma nova fonte acessível da droga poderia ser... o tomate!

image--2-

A L-DOPA é a terapia padrão para a doença de Parkinson desde 1967 e é uma das substâncias consideradas essenciais pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A forma mais comum da droga é sintética, mas também existem fontes naturais.

Ela é produzida a partir da tirosina, um aminoácido encontrado em muitos alimentos. A equipe de pesquisa inseriu um gene em tomates que codifica a tirosinase, uma enzima que usa a tirosina para construir moléculas como a L-DOPA. Isso elevou o nível da substância na fruta.

image--1-

Esse novo uso de tomateiros como fonte natural de Levodopa também oferece benefícios para pessoas que sofrem efeitos adversos, como náuseas e distúrbios comportamentais, causados pelo L-DOPA sintetizado quimicamente.

O fruto foi escolhido pois pode ser produzido em larga escala e já oferece uma fonte natural padronizada e controlada de L-DOPA.

Fonte: Galileu



Compartilhar no Facebook