Carne de Laboratório: a bilionária indústria da carne está ameaçada!

O Brasil possui as duas maiores processadoras de proteína animal do mundo, JBS e Marfrig. Só e 2017 o país exportou 6,54 milhões de toneladas de proteína, totalizando mais de US$ 15 bilhões. O rebanho bovino brasileiro soma mais de 200 milhões de cabeças.

Porém, mesmo com números tão expressivos, é um mercado que está ameaçado. Pela primeira vez, uma inovação surgida no Vale do Silício, berço de grandes revoluções como Uber, Airbnb e Netflix, tem colocado uma pedra no sapato dos grandes produtos mundiais de carne.

produtor-de-gado-de-corte-confinado-05

Esse assunto, aliás, será tratado durante do Agrotech Conference, maior evento já feito no Brasil sobre as novas tecnologias que vão impactar o agronegócio brasileiro.

A empresa agrotech americana Impossible Foods criou o primeiro hambúrguer do mundo de base vegetal, com sabor e aroma idênticos à carne bovina. Feito de proteínas de trigo e batata, diversos vegetais, óleo de coco, vitaminas e leghemoglobina, extraído da raiz da soja.

Esse último ingrediente, conhecido como “heme”, é um líquido vermelho que dá o aspecto suculento e o sabor de carne bovina ao hambúrguer. O resultado é impressionante.

img_3487-7f378c7e8cea1a38b15c64645cc8701798f850af-s400-c85

Quem comeu, afirma que pode facilmente substituir a carne bovina, garantindo que o cheiro, o sabor e até o barulho do hambúrguer fritando são idênticos ao original.

E não, isso não é apenas uma história bonita. O novo hambúrguer está a venda em dezenas de lanchonetes americanas, incluindo a rede de fast-food White Castle, presente em 11 estados americanos. A Impossible Foods tem Bill Gates como um dos investidores e já recebeu mais de US$ 100 milhões em diversos aportes.

mqdefault

Esse é o primeiro passo para uma revolução gigantesca na indústria de proteína animal. Se a Impossible Foods for bem-sucedida no que está fazendo e as pessoas a aceitarem, a carga ambiental que eles removerão será tão grande que os benefícios seriam inumeráveis.

Você trocaria o seu hambúrguer de carne bovina por um hambúrguer "fake"?

Fonte: StartSe



Compartilhar no Facebook