Cancela o SUSHI! Média de Peixes com Superbactérias dobra em 6 anos

Se você costuma ingerir peixe cru, um aviso: o nível de bactérias resistentes a antibióticos (conhecidas como superbactérias) presentes no alimento está aumentando rapidamente.

Um estudo da Florida Atlantic University descobriu que, entre 2009 e 2015, as cepas de Escherichia coli encontradas em alimentos que vêm do mar e que são resistentes a medicamentos mais do que dobrou.

SUSHI

Publicada na revista Aquatic Mammals, a pesquisa também revelou aumento da presença do patógeno Vibrio alginolyticus, que causa séria intoxicação alimentar.

O estudo foi feito a partir de análises de amostras coletadas em golfinhos. Os animais foram escolhidos por serem considerados um bom indicador do que está acontecendo com a vida marítima: afinal, eles se alimentam de vários tipos de peixes.

A equipe coletou amostras de 171 golfinhos-nariz-de-garrafa, entre 2003 e 2015, e encontrou 733 bactérias diferentes e – pasmem! – cerca de 80% delas eram resistentes a pelo menos um antibiótico.

Dolphin

O trabalho também detectou altos níveis de Acinetobacter baumannii, bactéria muito presente em hospitais que provoca infecções oportunistas em vias respiratórias e no trato urinário. A hipótese formulada pelos cientistas é a de que as bactérias tenham vindo de “fontes em que os antibióticos sejam usados regularmente”, se espalhando no ambiente marinho por meio de atividades humanas.

A resistência aos medicamentos ocorre quando o DNA das bactérias sofre mutação ou quando diferentes tipos de bactérias adquirem o DNA umas das outras, tornando os antibióticos ineficazes.

Fonte: Metrópoles



Compartilhar no Facebook