5 Sinais de que Você NÃO está consumindo Proteína suficiente!

Quantas gramas de proteína precisamos ingerir por dia? Esta pergunta não tem uma resposta universal. O recomendado por nutricionistas é que a ingestão de proteínas fique entre 0,8 gramas a 1 grama por quilo por pessoa. Ou seja, se você pesa 70 quilos, é recomendado o consumo de cerca de 70 gramas.

Esta conta pode variar, no entanto, com a intensidade de exercícios físicos semanais ou com a necessidade de nutrientes de cada indivíduo. Atividades intensas requerem maior consumo de proteína, já que nesse caso, ela vai ajudar a reconstruir o tecido muscular.

Por outro lado, dietas pobres em proteínas podem acarretar em problemas de saúde que não são percebidos por muita gente.

Veja os sinais de que você está consumindo pouca proteína, de acordo com o Medical Daily:

1. Você está com fome o tempo todo

fastfood

Se você sente fome poucas horas após suas refeições ou sempre está fazendo um "lanchinho" em horários alternativos, preste atenção. Um estudo da Universidade de Sydney, na Austrália, revela que quantidade inadequada de proteína pode causar mais fome.

"Para suprir essa necessidade, você permanecerá comendo até o corpo conseguir mais proteínas e isso pode fazer com que você ingira muito mais calorias que o recomendado", disse a autora do estudo, Alison Gosby.

2. Você está perdendo massa muscular

Sarcopenia-300x197

O processo de manutenção da sua massa magra e sua reparação pode diminuir sem os aminoácidos suficientes. "Se sua dieta não tem os aminoácidos necessários, seu corpo utiliza aqueles que estão em seus músculos. Isso resulta em uma perda de massa muscular, perda de força e diminuição do metabolismo", disse a nutricionista Erin Palinski-Wade.

3. Você está sempre doente

open-uri20140321-21208-rysvh3

Estar sempre doente é um outro sinal de que você pode estar ingerindo pouca proteína. Seu sistema imunológico também depende da proteína, uma vez que esta deficiência pode levar à perda de células T, responsáveis pela defesa do nosso organismo contra agentes desconhecidos. Elas são necessárias para proteção contra bactérias ou vírus e, sem elas, você se torna mais suscetível às infecções e gripes.

4. Suas pernas e pés estão inchados

Edema é um termo médico que se refere ao excesso de líquido acumulado nos tecidos do corpo, levando ao inchaço. A proteína é necessária para manter sal e água dentro dos vasos sanguíneos e, assim, para o fluído não vazar para os tecidos. Se os níveis de proteína no nosso sangue, conhecido como albumina, caírem ao nível muito baixo, o fluído pode ficar retido nos pés, tornozelos e pernas.

5. Você está perdendo cabelo - literalmente

0_foto14

Cabelo é feito da proteína conhecida como queratina. Se você não ingere proteína suficiente, o corpo pode interromper a produção de diversas proteínas não essenciais, o que pode levar à queda de cabelo temporário.

Alimentos ricos em proteína

Se você quer aumentar a ingestão de proteínas, a boa notícia é que diversos alimentos são ricos no macronutriente, sejam eles provenientes de animais e veganos. Veja abaixo alguns exemplos:

Grãos e nozes: lentilha, nozes, feijão, ervilha, vagem, arroz integral, grão de bico, tofu, semente, nozes, soja (e derivados) são ótimas fontes vegetais de proteína, além de serem ricos em minerais, antioxidantes, potássio, entre outros nutrientes essenciais.

Folhas verdes: brócolis, espinafre, rúcula e outros vegetais com coloração verde escura também são boas fontes de proteína.

Proteínas de origem animal: carnes bovinas, suínas e de frango, além de peixes, ovos e produtos lácteos, como leite, iogurte, kefir, queijos, também são ricos em proteína.

Fonte: Huffpost Brasil



Compartilhar no Facebook