Perca Peso Agora

Você Usa Lentes de Contato? Tome Muito Cuidado com Este Terrível Parasita!

Para quem usa lentes de contato, todo cuidado com o manuseio é pouco, uma vez que as lentes podem servir de entrada para microrganismos e até mesmo sujeiras viverem dentro dos olhos.

E se você acha que um cisco já pode causar uma dor horrível enquanto você está de lente, saiba que a bactéria Acanthamoeba castellanii é responsável pela Ceratite, uma infecção que provoca uma inflamação grave na córnea, dor intensa, visão comprometida e pode até levar à cegueira, quando não tratado.

A bactéria pode ser encontrada em todo o mundo e sobreviver em condições ambientais adversas, até mesmo em soluções para lente de contato.

A infecção pela A. castellanii começa quando o parasita está na fase trofozoíto (estágio adulto) e se adere ao tecido da córnea antes de penetrar na camada estromal inferior. O que resultará em uma visão menos nítida, e, finalmente, a cegueira.

Mais preocupante que isso, é que além da doença ameaçar a visão, ela pode atravessar a barreira sanguínea e chegar até o cérebro, causando a Encefalite Amebiana Granulomatosa, uma doença progressiva do sistema nervoso central que muitas vezes resulta em morte.

A contaminação acontece quando as lentes são expostas à água de piscina, banheiras ou chuveiros, quando são lavadas com água da torneira ou como resultado de má higiene pessoal.

Como as lentes de contato são bem populares, e ganham cada vez mais adeptos devido à estética, a proporção da população que corre risco de ser contaminada pela A. castellanii aumenta cada dia mais. Ainda mais com pacientes cujo sistema imunológico já estiver comprometido ou recebendo terapias imunossupressoras – para tratamento de câncer e HIV/AIDS.

Quanto à cura, nenhuma vacina ainda está disponível, sendo assim, o tratamento a curto prazo é feito com a administração de drogas para tratar infecções inflamatórias. Porém, esses fármacos podem trazer efeitos secundários indesejáveis ou até mesmo não funcionar quando a doença já atingiu uma fase crônica de infecção.

Já a longo prazo, os laboratórios se esforçam para criar lentes tratadas com um peptídeo antimicrobiano, mas ainda são necessárias muitas pesquisas até que elas estejam aptas para o mercado.

Sendo assim, a dica para os usuários de lentes é que cuidem da higiene das lentes e desfaçam-se delas no período recomendado. Lembrando que é importante lavar as mãos para manuseá-las, limpá-las e desinfetá-las antes de guardar.

Também é recomendado que elas sejam colocadas antes da aplicação de maquiagem, para que não entrem em contato com rímel ou delineador.

Seguindo estes conselhos, o risco de contaminação é baixo.

Você tem muitos amigos que usam lentes de contato? Compartilhe essa informação para eles!

Fonte: Jornal Ciência



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook