Perca Peso Agora

Você sabe o que é a Cadência da Corrida e como ela pode Ajudar?

Corredores e pesquisadores da área da corrida estão falando cada vez mais sobre a cadência das passadas e como ela pode ajudar na performance e na prevenção de lesões. Porém, muitas pessoas ainda têm dúvidas a respeito do que é exatamente a cadência da corrida, como medi-la e de que forma utilizá-la como uma aliada do movimento. Por isso vamos explicar cada um desses tópicos e mostrar porque uma cadência adequada na corrida é tão importante.

O que é a cadência?

Cadência é a quantidade de passos por minuto, ou seja, quantas vezes os pés tocam o chão em 1 minuto da corrida.

Há certa confusão entre o conceito de cadência e velocidade. Então, para clarear esse mal-entendido, imagine uma pessoa correndo 10 km a 10 km/h. Ela pode fazer isso dando poucos passos bem largos ou vários passos mais curtos, mas nas duas situações ela vai completar os 10 km em 1 hora, certo?

O que muda nos dois cenários não é a velocidade e sim quantos passos foram necessários para a pessoa correr naquela velocidade, ou seja, a cadência.

Poucos passos largos têm uma cadência baixa e vários passos curtos têm uma cadência alta.

É claro que correndo mais rápido tendemos a aumentar a cadência, dar mais passos por minutos, e correndo mais lentamente ocorre o oposto. Porém é importante que esteja claro que a cadência e a velocidade são coisas diferentes e que é possível correr com uma boa cadência em praticamente qualquer velocidade.

Como medir a cadência?

Os dispositivos com GPS mais modernos costumam medir a cadência da corrida, porém é possível fazer isso com um relógio comum: por um minuto conte quantas vezes seu pé direito toca o chão.

Multiplique o resultado por 2. Pronto, essa é a sua cadência de corrida. Normalmente, em 1 minuto você perceberá que seu pé direito tocou o chão 85 vezes. Multiplicando por 2 chegamos a uma cadência de 170 passos por minuto.

Como a cadência pode te ajudar

Correr com uma alta cadência vêm se mostrando muito benéfico para a corrida. Quando corremos dando mais passos por minutos a característica do movimento fica melhor. Entre as vantagens estão a aterrissagem mais próxima ao tronco, o que caracteriza uma corrida mais eficiente e com melhor absorção de impacto, e a menor sobrecarga sobre as articulações dos joelho e quadril.

Pesquisas científicas vêm apontando que aumentar a cadência da corrida é uma boa estratégia para diminuir o impacto em cada passada e tratar problemas no joelho, por exemplo.

E qual seria a cadência ideal? A resposta para essa pergunta depende das características pessoais de cada corredor.

Profissionais correm em média com uma cadência de 180 passos por minutos, mas você não precisa atingir exatamente esse número.

O importante é trocar as passadas rapidamente de forma que a corrida fique confortável e que o pé aterrisse próximo ao seu tronco, sem ir muito para frente.

Compartilhe essa informação com os seus amigos que praticam a corrida regularmente!

Fonte: Globo Esporte



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook