Perca Peso Agora

Você já tem o necessário para deixar seu bebê mais inteligente e ainda não sabe

Um novo estudo descobriu que o cérebro do bebê prematuro pode receber um impulso ouvindo a voz e os batimentos cardíacos de sua mãe.

Não é segredo que os bebês que nascem prematuramente, antes de 37 semanas de gestação, podem ter aumentado os riscos de problemas de saúde incluindo deficiências de desenvolvimento a longo prazo. Muitos tem problemas de audição e processamento dos sons da linguagem.

Contudo, um estudo recente publicado no "Proceedings of the National Academy of Science" mostra alguma esperança: O simples fato de escutar a voz e os batimentos do coração de sua mãe pode fazer uma diferença nesses lactentes.

Para esse estudo os pesquisadores examinaram 40 bebês nascidos entre 25 e 32 semanas no "Brigham and Women's Hospital" em Boston. Eles passavam a maior parte do tempo em incubadoras (o que é normal em casos de nascimentos prematuros). Através de pequenos alto-falantes nas incubadoras, cerca de metade dos bebês eram aleatóriamente escolhidos para escutar gravações de batimentos cardíacos de suas mães e também, de suas mães cantando e lendo em voz alta, pelo período de 3 horas por dia. Os outros bebês só escutavam os barulhos comuns do hospital.

Pesquisadores descobriram que depois de 30 dias, aqueles bebês que escutaram os sons maternos tinham um maior córtex auditivo - a parte do cérebro que controla a audição e processa os sons - comparado com os outros bebês. Esse sistema no cérebro parece se adaptar melhor aos sons que normalmente os bebês escutam no útero do que aqueles sons ambientes do hospital.

"Os resultados desse estudo sugerem que no caso de bebês que nascem prematuramente, expostos aos sons maternais podem definir o córtex auditivo do cérebro na trajetória certa para completar sua maturação fora do útero", explica o co-autor do estudo, Amir Lahav, professor assistente do "Harvard Medical School".

Essas descobertas sugerem que devemos reconsiderar o papel dos pais durante os dias e semanas críticas depois do nascimento dos bebês prematuros.

"É muito importante que as mães entendam a importância de falar, cantar e interagir com seus bebês enquanto eles estão isolados nas incubadoras", disse o Dr. Lahav

Pesquisas tem mostrado que a inteligência e habilidades de linguagem dos bebês estão relacionadas com o quanto seus pais falam com eles entre o nascimento e a idade de 3 anos.

Fonte: Fit Pregnancy



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook