Perca Peso Agora

"Vitamina D" a Menos, Peso a Mais

É bastante comum pessoas sofrerem de falta de vitamina D no organismo. Isso acontece porque a síntese desse nutriente – ou seja, a conversão de sua forma inativa para ativa – depende da exposição diária ao sol e aos raios ultravioletas.

Como nas metrópoles grande parte das pessoas passa os dias dentro de casa ou de escritórios, os níveis de vitamina D vão lá para o pé. Mas quais são, afinal, as implicações  fisiológicas e metabólicas desta de ciência?

Ao contrário do que muitos imaginavam, a falta dela em nosso organismo não prejudica somente a saúde dos ossos, não! Pesquisas científicas revelam que níveis baixos de vitamina D estão cor relacionados com outros problemas, como diabetes tipo 2 e até mesmo obesidade.

Recentemente, um estudo publicado na renomada revista científica J Nutr Health Aging avaliou a associação do IMC (Índice de Massa Corpórea) e percentual de gorduras com níveis séricos de vitamina D em mulheres idosas. A relevância da pesquisa se dá pelo grande número de participantes (2.842) com 65 anos ou mais.

A conclusão foi: quanto mais obesas eram as mulheres, menores os índices de vitamina D no corpo delas.

Mas como obtê-la se nós não temos mais tempo de tomar sol? Para que a carência seja evitada, um conselho é incluir na dieta alimentos que sejam boas fontes de vitamina D, como peixes, frutos do mar e ovos, e tomar diariamente entre 15 e 20 minutos de sol sem o uso de protetor solar, com os braços e as pernas expostos.

Essa exposição chega a garantir até 90% da síntese necessária. Outra informação importante é que não há uma parte do corpo que absorve melhor a vitamina D, uma vez que este processo ocorre da mesma forma no corpo todo. No entanto, a quantidade que será produzida é proporcional à quantidade de pele exposta ao sol.

Um aviso: praticantes de atividades físicas devem ter atenção redobrada, já que as demandas por vitamina D aumentam significativamente em quem faz exercícios.

A suplementação é uma forma bastante eficiente de repor o nutriente. Mas ela só deve ser feita com orientação profissional, combinado?!

Fonte: Viva!



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook