Vaticano proíbe Hóstias sem glúten! A completa retirada da proteína presente na farinha tornaria a comunhão inválida

Recentemente o Vaticano determinou que a farinha utilizada para a fabricação de hóstias não deve ser livre de glúten. De acordo com o documento, as regras são necessárias pois, atualmente, as hóstias podem ser adquiridas em supermercados e pela internet, o que pode gerar dúvidas sobre sua procedência.

Hóstia inválida

O cardeal Robert Sarah informou a determinação a pedido do Papa Francisco por meio de uma carta dirigida a todos os bispos.

Conforme o texto, a adição de outros produtos, como frutas, açúcar e mel, para a Igreja Católica, é considerada “abuso grave” e torna inválida a comunhão.

Na tradição católica, na comunhão, o pão e o vinho se convertem no corpo de Cristo, mas essa transformação só ocorreria com produtos feitos de acordo com as regras eclesiásticas. Ou seja, a partir do pão sem levedura, feito apenas de farinha, e do vinho puro e íntegro, conservado e feito unicamente da uva, sem a mistura de outras substâncias.

Celíacos

Segundo o comunicado do Vaticano, para a eucaristia daqueles com intolerância à proteína, o glúten pode ser reduzido na hóstia, desde que não seja necessária a adição de outros ingredientes, respeitando as normas católicas que prevê que outros cereais só são permitidos em proporções mínimas.

Transgênicos

No entanto, a carta oficial diz que “a eucaristia preparada com organismos geneticamente modificados pode ser considerada válida”.

Dessa forma, a Igreja não se opõe a ingredientes transgênicos na fabricação das hóstias. Compartilhe!

Fonte: Veja.com




Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook