Perca Peso Agora

"Triclosan" Pode Causar Danos Graves ao Fígado, Inclusive Tumor

Atenção para o triclosan, um ingrediente antibacteriano que nós encontramos frequentemente em produtos de higiene pessoal, como sabonetes líquidos para as mãos, sabonetes íntimos e cremes dentais.

O triclosan pode danificar o fígado e causar danos graves, tais como a fibrose hepática e o câncer.

Há tempos se discutiam os possíveis perigos desta substância e recentemente um estudo realizado pela Universidade da Califórnia e publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences, confirma os suspeitos malefícios. O estudo em questão tem o título de "The commonly used antimicrobial additive Triclosan is a liver tumor promoter”.

O experimento foi realizado em modelos animais com exposição de longo termo a esta substância, o que levou aos resultados desastrosos: danos nas funções do fígado, fibrose hepática e aparecimento de tumores.

A partir deste estudo, os especialistas confirmaram o risco de toxicidade hepática para o ser humano, o que ultrapassa a vantagem moderada que o Triclosan pode apresentar por sua eficácia antimicrobiana. Foi o que destacou Robert H. Tukey, autor do estudo e especialista em química.

Os tempos de exposição humana ao triclosan, com consequentes riscos à saúde do fígado, foram estimados por especialistas em um total de 18 anos.

A exposição prolongada ao triclosan, portanto, poderia levar a um maior risco de ocorrência de doenças hepáticas, com especial referência para o câncer.

O problema que envolve o triclosan está relacionado à falta de informação sobre os riscos associados ao uso indiscriminado da substância, ou seja, estamos condicionados a utilizar produtos bactericidas o tempo todo, sem a real necessidade e sem limites. Favorecendo a resistência bacteriana e elevando os riscos à saúde.

O triclosan é perigoso porque interfere no desenvolvimento do receptor androstano. Trata-se de uma proteína que é responsável pela metabolização de produtos químicos estranhos ao corpo. Quando esta proteína é danificada, acontece proliferação das células do fígado que ao longo do tempo pode levar à fibrose hepática.

O triclosan também se encontra no leite materno e na urina, como apontado por estudos recentes.

Especialistas sugerem eliminar o triclosan em produtos onde este é praticamente inútil, como nos sabonetes líquidos, a fim de reduzir o nosso contato com este ingrediente através de produtos de uso diário.

Nos Estados Unidos, o triclosan poderá ser banido em breve, enquanto na Europa ainda está sob observação.

Foi determinado um limite de segurança de 0,3% em relação à concentração da substância em produtos como pasta de dentes, desodorantes, detergentes para as mãos ou para o corpo. No entanto, estes são produtos que usamos todos os dias.

De acordo com um estudo recente, sabonetes antibacterianos aumentam o risco de infecção por causa do *triclosan

Em caso de dúvida, é melhor ler bem os rótulos e tentar evitar detergentes, desodorantes e cremes dentais que contenham triclosan.

Alternativas

Atualmente, já existem no mercado produtos que excluem da sua formulação o triclosan que, ao invés de utilizá-lo, fazem uso de antimicrobianos naturais, como os óleos essenciais de alecrim, alecrim do campo, pitanga, cravo da Ìndia, camomila e canela. Este último, aliás, foi considerado por um estudo o óleo antimicrobiano mais eficiente e sustentável.

Outra substância menos agressiva pela qual você pode procurar nos rótulos dos produtos é a pedra hume, conhecida também como alúmen de potássio. Ela possui ampla utilização em processo de purificação de água e aplicações em cosméticos, agindo como antisséptico e cicatrizante. O bicarbonato de sódio também é outra alternativa, podendo ser usado para fins de higiene e limpeza.

Fonte: Green Me



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook