Perca Peso Agora

TPM: Uma Visão Ayurvédica

Segundo o Ayurveda, um dos sistemas de cura mais antigos do mundo, com origem na Índia, a natureza funciona de forma cíclica. Vivemos sob a influência dos ciclos da vida, do dia e das estações do ano. Quanto mais entendemos estes ciclos e nos adaptamos a eles, mais perto ficamos de um estado de saúde e equilíbrio.

Para as mulheres ainda existe mais um ciclo natural ao longo do mês: o ciclo menstrual. O ciclo menstrual consiste em uma série de conexões perfeitas e integradas entre o sistema nervoso central da mulher, sua parte hormonal e sua parte ginecológica, que tem como objetivo final dar vida a um novo ser humano. Assim, todo mês, se esse objetivo não é alcançado, há uma descamação da camada interna do útero, levando a um sangramento ao qual chamamos de menstruação.

As mulheres que não querem engravidar ou que já tiveram seus bebês poderiam pensar, que a menstruação é uma “sangria inútil” como vem sendo discutido em alguns meios de comunicação. Porém, segundo o conceito Ayurvédico, a menstruação também funciona como uma limpeza do organismo feminino, tanto de ponto de vista físico, com renovação da camada interna do útero, quanto do ponto de visto psicológico, mental e emocional.

Ou seja, o período menstrual seria uma oportunidade para que cada mulher possa se renovar, se desintoxicar e até se compreender melhor. As mulheres têm este privilégio mensal porque são, justamente, capazes de dar vida a um novo ser.

Mais Aérea

No período pré-menstrual, o Ayurveda ensina que a energia vata (biótipo ligado ao ar e éter), aumenta gradativamente. O aumento dessa energia faz com que todas as formas de eliminação fiquem mais intensas e deixa a mulher mais ligada ao mundo mental, o que possibilita que ela se interiorize mais, se analise e até se espiritualize mais, dando novas perspectivas para o início de um novo ciclo.

Porém, esta energia vata também pode causar sinais e sintomas como cólicas, cansaço, insônia, inchaços, labilidade de humor, ansiedade e outros tantos relacionados a este período ou ao período imediatamente anterior a menstruação, sendo este conjunto de sintomas conhecido como TPM (Tensão Pré-Menstrual).

O vata aumenta em intensidade quando, fora do período menstrual, no restante do mês, comemos alimentos que são de difícil digestão, muito industrializados, que contém corantes, conservantes, muito pesados, gordurosos ou excesso de alimentos muito frios. Aumenta também quando temos um mês muito intenso em atividades, corrido, estressante, muito demandante.

Consciência Sempre

Em outras palavras, a maneira como a mulher vive o mês vai influenciar no aparecimento ou não dos sinais e sintomas da TPM.

Por isso, a primeira dica para eliminar estes sintomas seria prestar mais atenção em si mesmo e tentar fazer pequenas coisas para desacelerar ou contrabalancear os excessos do dia a dia, sejam eles alimentares ou do estilo de vida.

Para isso, é interessante procurar uma dieta compatível com a sua tipologia, chamada de dosha dentro do Ayurveda, praticar exercícios físicos moderados, fazer atividades relaxantes e que tragam prazer e tentar aprofundar-se cada vez mais no autoconhecimento, para que cada mulher possa ter um entendimento do que aumenta seu estado de equilíbrio e o que diminui.

De maneira pratica, podemos fazer algumas receitas simples para diminuir os sintomas da TPM:

  • para cólicas pré-menstruais ou durante o período menstruais, chás de erva doce com camomila, de funcho ou mentrasto (Ageratum conyzoides – pode ser comprado em lojas de produtos naturais) ajudam bastante se tomados de 2 a 3 vezes no dia. Colocar bolsa de água morna na região de baixo ventre também ajuda a arrefecer as cólicas.

  • para dores de cabeça, os chás também são recomendados. Uma mistura de chá feito com rodelas de gengibre e camomila pode diminuir esses sintomas

  • se o que incomoda é o inchaço, torre levemente em uma frigideira, sem nenhuma oleosidade, 1 colher de sopa de sementes de cominho com 1 colher de sopa de sementes de coentro e depois deixe esta mistura ferver por 2 minutos em 200 ml de água. Coe, espere esfriar um pouco e tome 2 vezes ao dia para um efeito diurético moderado.

  • se os problemas forem de mudanças de humor, irritação, choro fácil ou ansiedade, existem técnicas de relaxamento que podem ajudar. Sente em um local confortável, com postura ereta e faça respirações profundas, procurando acalmar cada vez mais o fluxo respiratório e consequentemente a mente. Fique nesta postura pelo tempo que achar necessário.

Técnicas do Yoga como a pratica do mulabandha (contração e relaxamento do esfíncter anal) podem ajudar, já que trazem sensação de estabilidade e “aterramento”. Faça 5 minutos deste exercício, 3 vezes ao dia.

Por último, não encare o período pré-menstrual ou a menstruação como um conjunto de eventos anormais, incômodos e patológicos. Estes eventos são fisiológicos, naturais e fazem parte de um ciclo natural da mulher.

Aproveite o período como uma oportunidade de renovação e de autoconhecimento!

Fonte: Gayatri Revista



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook