Tintura de cabelo e Câncer de Mama! Muito cuidado com o produto que você usa!

Tintura de cabelo x câncer de mama. O ideal seria não pintar os cabelos mais de 6 vezes por ano e usar sobretudo ingredientes naturais.

Aqueles que, de fato, usam corantes capilares de origem química teriam maior probabilidade de ter câncer de mama. Alarmismo ou isso é realmente preocupante?

146

O alerta vem do cirurgião senologista londrino Kefah Mokbel London, do Princess Grace Hospital, que investigou que mulheres que pintam seus cabelos têm 14% mais de riscos de desenvolverem câncer de mama.

Por esta razão, as mulheres devem "reduzir a exposição" aos corantes sintéticos usando preferivelmente ingredientes naturais como henna, beterraba ou ruibarbo e se submeterem ao controle regular da mama, a partir dos 40 anos de idade.

Esta notícia vai de encontro a uma pesquisa feita recentemente, que explorou os vários fatores de risco para o câncer de mama, incluindo os produtos para o cabelo, como as tinturas e os alisantes.

Mas, como o próprio Mokbel afirma: "Mais estudos são necessários para confirmar esses resultados. E, como explica Sanna Heikkinen do Finnish Cancer Registry, por enquanto "apenas uma associação estatística entre o uso de tintura de cabelo e o risco de ter câncer de mama foi observado, mas não é possível confirmar uma verdadeira conexão entre o dois eventos. A associação observada poderia ser devido, por exemplo, ao fato de que as mulheres que costumam fazer tantas tinturas nos cabelos, em um ano, usam também usam outros cosméticos em relação às mulheres que não têm o hábito de pintar o cabelo".

Então, o perigo seriam os hábitos ou estilos de vida pouco saudáveis como fatores de risco para o câncer de mama? Provavelmente sim, mas não é impossível que a tintura de cabelo esteja entre eles.

141712283-6223ee54-200c-410e-85c7-2f3621262a4e

Fato é que quanto menos química em nossas vidas, melhor. São várias as substâncias contidas, seja em tinturas que em cosméticos em geral, consideradas potencialmente cancerígenas e ou desreguladoras endócrinas.

Compartilhe esse alerta!

Fonte: Green Me




Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook