Tempo demais em frente à TV pode provocar dificuldades para andar, diz estudo

Não é filme nem novela. Um estudo publicado no periódico científico Journal of Gerontology: Medical Sciences aponta que passar o dia assistindo à televisão pode prejudicar a locomoção dos mais velhos.

O achado é baseado em dados de 134.269 pessoas saudáveis na faixa etária de 50 a 71 anos. Durante uma década, essa turma reportou, entre outras coisas, a quantidade de tempo que costumava dedicar aos seus programas favoritos e também à prática de atividade física.

Loretta-DiPietro-Study

Ao final dos 10 anos, 30% dos voluntários não conseguiam andar ou caminhavam muito devagar (menos de 3,5 quilômetros por hora), sendo que a maioria era justamente aquela que não desgrudava do sofá.

Os pesquisadores concluíram, então, que quem ficava ligado na televisão por pelo menos 5 horas diariamente estava 65% mais propenso a esse tipo de problema. O pior cenário, é claro, seria associar esse hábito à falta de exercício – nessa pesquisa, três horas ou menos por semana.

idoso-caminhando

Os responsáveis pelo trabalho, cientistas da Universidade George Washington (EUA), fazem algumas ressalvas sobre tal conclusão. É que os participantes eram majoritariamente brancos. Ou seja, não dá para generalizar. E outra: nada garante que eles tenham sido totalmente honestos nos questionários.

Enquanto aguardamos mais evidências científicas para confirmar essa associação, vale confiar nos resultados que já indicam os malefícios do sedentarismo e, assim, colocar o corpo em movimento. Quanto menos televisão, computador e celular, melhor. Compartilhe!

Fonte: Saúde Abril




Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook