Perca Peso Agora

"Teatox": Limpe o Organismo e Queime Calorias com o Detox dos Chás

O que pode ser melhor do que uma bebida que te ajuda a relaxar, ao mesmo tempo que promove a desintoxicação do organismo e a redução de medidas? É exatamente esta a proposta do teatox (tea + detox).

Segundo a nutróloga Paula Vasconcelos, do Espaço Volpi, os chás, em geral, "ajudam na hidratação do organismo e com pouquissímas calorias (exceto se forem adoçados), auxiliam na eliminação de líquidos, no bom funcionamento do intestino e fornecem antioxidantes que ajudam a prevenir diversas doenças".

Quando seguem o princípio do teatox, então, as misturas de ervas, flores e frutas prezam por efeitos diuréticos, digestivos, antioxidantes e termogênicos.

Chás com propriedades diuréticas: ajudam a eliminar o excesso de líquidos, e consequentemente, desintoxicam o organismo.

Chás com propriedades termogênicas: ajudam na queima de calorias.

Chás com propriedades funcionais: com poder antioxidante e alguns, como a sene, tem ação laxativa (esses devem ser consumidos com cuidado e supervisão, pois podem causar cólicas e até problemas nutricionais).

Outros fatores que interferem nos efeitos do chá são sua temperatura e o quão refinados são os componentes.

A vantagem do chá quente é que as propriedades antioxidantes e efeitos terapêuticos das ervas estão preservados, mas bebidas consumidas excessivamente quentes podem provocar irritação da mucosa do sistema digestório, e, embora ainda não comprovado, estudos sugerem aumento na prevalência de câncer de estomago e de esôfago.

Por outro lado, bebidas geladas ajudam a acelerar o metabolismo, já que nosso organismo precisa aumentar o gasto para 'aquecer' a bebida até ela se igualar à nossa temperatura.

Já os chás soltos são melhores que os em saquinho, como explica Paula: "os chás mais rústicos passam por um processo industrial menor, logo tendem a ser mais ricos em antioxidantes e preservar melhor as propriedades das ervas".

Para quem quer apostar na limpeza do organismo, a sugestão é seguir o programa por, no minimo, uma semana e, no máximo, quatro.

O consumo frequente de chás, "a princípio, não traz problemas", afirma Paula, "se for um curto período de tempo. É lógico que é importante conhecer o histórico de saúde da pessoa para que a mesma não tenha contra-indicações aos componentes do chá". Outro fator importante que a nutróloga destaca é que as demais refeições ofereçam nutrientes adequados para equilibrar a dieta.

Uma boa ideia é criar sua própria mistura nos mercados que vendem as ervas por quilo.

Veja os ingredientes que podem entrar na mistura: chá Pu-erh e flor de jacinto (digestivos e termogênicos); flor de jasmim, chá verde, cidra, garcinia cambogia, citrus aurantium, gengibre, erva-mate e guaraná (termogênicos); erva-cidreira, urtiga, goldenrod (digestivos e diuréticos); hortelã e dente de leão (digestivos); rooibos, goji berry e flor de sabugueiro (ricos em antioxidantes que ajudam a prevenir doenças) e cavalinha, bétula, erva de aveia verde, hibisco, flor de limão, mil-folhas e centáurea (diuréticos).

Comece logo a preparar o seu corpo para os dias que estão por vir. Festas de confraternização, reuniões de família, férias na praia... Compartilhe essa ideia com suas amigas!

    As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. 

Fonte: Vogue




Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook