Perca Peso Agora

Remédio para Artrite pode Fazer Crescer Cabelo!

Uma classe de medicamentos já aprovada pela U.S. Food and Drug Administration (a agência responsável pelo controle dos alimentos e medicamentos comercializados nos EUA, que atua de forma parecida com a nossa ANVISA) para o tratamento de artrite reumatoide está deixando os cientistas de cabelo em pé – literalmente. Estudos prévios haviam mostrado que os inibidores da enzima Janus quinase, incluindo o tofacitinib e o ruxolitinib, podem tratar a "alopécia areata", uma doença autoimune que causa a perda de cabelos, devido ao ataque das células imunes contra os folículos pilosos.

Os pesquisadores disseram que, quando o medicamento é aplicado sobre a pele, o tratamento parece estimular o crescimento do cabelo. Uma nova pesquisa sugere que estas drogas podem fazer o mesmo em camundongos que não tem a doença autoimune.

Quando os investigadores aplicaram o medicamento sobre a pele do lado direito de ratos cujos pelos foram raspados, a diferença vista foi clara: 90% dos ratinhos tratados apresentaram crescimento do pelo dentro de 10 dias. E depois de 3 semanas, os ratos não tratados do grupo de controle (à esquerda na imagem abaixo) permaneceram carecas, enquanto aqueles que receberam tofacitinib ou ruxolitinib (à direita na imagem) tiveram o lado direito coberto de pelos. As drogas, descobriu-se, deram o pontapé inicial em seus ciclos de crescimento de cabelo, colocando folículos em uma fase de crescimento ativo.

Os resultados foram similares quando os cientistas enxertaram a pele de couro cabeludo humano saudável em ratos, e experimentos adicionais mostraram que o novo crescimento do cabelo foi normal a um nível molecular.

Mas ainda pode levar algum tempo até que você possa usar estas drogas para tratar as suas falhas de calvície, pois os cientistas ainda têm algumas perguntas a responder antes de utilizar este medicamento para tratamento médico. Ainda não se sabe se estas drogas funcionam da mesma forma na calvície masculina e feminina, por exemplo…

Fonte: A Geração Ciência



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook