Perca Peso Agora

Raspar os Pelos faz com que Eles Cresçam Mais Grossos e em Maior Quantidade?

Afastar os pelos indesejados é uma tarefa difícil para a maioria das pessoas. Não importa o procedimento realizado, eles sempre voltam a crescer, seguidos de um sentimento de frustração e preguiça por ter que arrancá-los novamente. Dessa forma, muitas pessoas acabam questionando se o método de remoção influencia na espessura do pelo. De acordo com a revista Scientific American não é bem assim que acontece, mas há várias razões para esse mito existir.

Uma delas fala sobre a limitação da percepção humana. “As pessoas simplesmente não são boas observadoras, e não há ciência nenhuma por trás dessa ideia de que o pelo volta a crescer mais espesso”, disse a presidente do Departamento de Dermatologia da Wake Forest Baptist Health, Amy McMichael.

Há também a questão da coincidência. Esse mito de que raspar os pelos com lâminas de barbear faz com que eles cresçam mais grossos tem um certo fundamento.

Isso porque, a depilação ou barbear pode se sobrepor ao calendário natural de flutuações hormonais do corpo, podendo fazer com que os pelos fiquem mais espessos, especialmente na fase da puberdade.

Dessa forma, os pelos do corpo crescem em diferentes momentos e de diferentes formas para todo mundo – mas isso não significa que o culpado seria a lâmina de barbear ou outro método usado.

Até mesmo o ato de cortar o cabelo pode dar essa impressão de “mais espesso”. A haste do cabelo humano é como a ponta de um lápis, ou uma lança. Assim, quando uma navalha ou tesoura fatiam as pontas, pode parecer que o cabelo restante está mais grosso e escuro do que antes – mas é só uma impressão.

Contudo, em casos raros, a depilação excessiva pode, eventualmente, reduzir o crescimento de certos folículos pilosos devido a repetição do trauma a que é exposto.

Em um estudo publicado em 1970, cinco homens jovens e saudáveis concordaram em explorar os impactos resultantes do excessivo hábito de barbear. Durante um mês, cada voluntário raspava uma vez por semana uma das pernas, deixando a outra como controle. O resultado do ensaio mostrou que não haviam diferenças significativas na espessura ou taxa de crescimento dos pelos.

Sendo assim, de acordo com dermatologista Melanie Grossman, que atua em Nova York, se essa história fosse verdadeira “as mulheres, que depilam as pernas o tempo todo, seriam como gorilas, já que teriam pelos mais grossos e mais escuros”.

McMichael concorda e afirma que, “se cortar o cabelo realmente fizesse com que ele ficasse mais grosso, nunca mais teríamos que pensar em resolver problemas de queda e calvície”, ironizando.

Fonte: Jornal Ciência



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook