Preste atenção na Cor do seu Xixi. Ela diz muito da sua saúde!

Sabe aquele ditado que diz que “você é o que você come”? Vale também para “o que sai de você”. Sim, seu xixi pode dizer muito sobre sua saúde.

Dependendo de como estiver sua coloração, seu aspecto físico e seu cheiro, a urina que você elimina pode indicar alguma doença ou acender um alerta de que algo não está funcionando.

Amarelo é a cor normal do xixi por causa da urobilina, substância derivada de um longo processo que envolve os intestinos, os rins e o sistema circulatório.

Quanto mais água estiver presente na urina junto a esta substância, mais clara ela é, indicando uma boa hidratação do indivíduo.

Urina escura, mais água no copo. Se o xixi for amarelo escuro, está na hora de beber mais água. O ideal é beber tanta água quanto nosso corpo pede.

“Beber água é importante para fazer com que os rins consigam filtrar essas substâncias que nosso corpo necessita e eliminar adequadamente as impurezas através do trato urinário”, lembra Sérgio Pinheiro, nefrologista da UFMG.

Não é amarelo? Alerta aceso! Seu xixi mudou de cor? O primeiro passo é pensar no que você andou comendo. Alimentos ricos em pigmentos, como beterrabas, cenouras, favas e amoras, podem fazer com que a urina tenha uma cor especial, sem que você deva se preocupar com isso.

Quando não é esse o caso, é hora de ligar o alerta. A urina pode indicar doenças, em geral, nos rins e no fígado.

“Se a cor da urina ficar mais amarronzada, avermelhada, azulada, esverdeada ou acinzentada, isso sugere algum processo patológico, desde que não haja uma mudança muito grande na alimentação do paciente”, diz o nefrologista Marcos Vieira, presidente da Fundação Pró-Rim.

Vermelhou?

A urina avermelhada indica a presença de sangue –esta perda de sangue pela urina é chamada de hematúria. Este sangramento pode ser ocasionado, por exemplo, por lesões geradas pela presença de um cálculo renal. Mas também pode ser decorrente, explica Pinheiro, de um problema de filtragem do próprio rim, que deixa escapar as hemácias — células vermelhas presentes no sangue–, que são, por fim, eliminadas na urina.

Marrom, verde ou azul

Problemas no fígado também podem fazer com que a urina fique mais escura, com uma coloração amarronzada. “Uma lesão hepática pode alterar o metabolismo do fígado e essa mudança pode interferir na urina também”, afirma Pinheiro.

Algumas hepatites podem fazer com que a icterícia, que dá coloração amarelada à pele, “pode ser metabolizada e eliminada na urina, dando à urina uma coloração amarela esverdeada escura”. Fique atento!

Fonte: 50 e mais




Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook