Perca Peso Agora

Por Que as Narinas Entopem Uma de Cada Vez e Não as Duas ao Mesmo Tempo?

Embora não dê muito para perceber, a menos que estejamos doentes, nossa respiração é diferente em cada lado das narinas. Você pode notar que, um lado respira de forma mais forte do que o outro. Durante o dia, esses lados trocam de lugar, para que um entre em “modo de trabalho”, mas por que isso acontece?

Esse processo é automático e realizado pelo sistema nervoso autônomo, apropriadamente chamado assim, pois o mesmo sistema responsável por várias funções involuntárias, que nosso corpo realiza por si só, como a digestão ou o ritmo cardíaco.

No nariz, esse sistema controla o ciclo nasal, de modo que cada narina opere de forma eficaz. Esse ciclo acontece várias vezes ao dia e só chama a nossa atenção quando há o entupimento de uma das narinas.

Em ação para abrir um lado do nariz e fechar o outro, o seu corpo infla o tecido nasal com sangue – da mesma forma que acontece quando um homem tem uma ereção.

Esse aumento do fluxo sanguíneo provoca o congestionamento em uma das narinas por cerca de 3 a 6 horas, antes de trocar para o outro lado.

Há também um aumento de congestionamento nasal quando você está deitado – já deve ter reparado nisso – e, quando uma narina entope, você troca de lado para que a congestão alivie, no entanto, ela acaba passando para a outra narina, como relatou a pediatra Jennifer Shu.

Acredita-se que esse ciclo ajude a completar o sentindo do olfato, conforme relatou Matt Soniak . Alguns cheiros são melhores sentidos pelo movimento rápido do ar que entra pelo nariz, enquanto que outros levam mais tempo e são melhores detectados com um movimento mais lento de ar.

Sendo assim, se uma de suas narinas está mais aberta do que a outra, você percebe melhor os cheiros.

Esse processo também permite que cada lado do nariz faça um intervalo, uma vez que o fluxo constante de ar pode secá-lo e destruir os pequenos pelos que servem para filtrar as sujeiras encontradas no ar.

Contudo, quando você fica doente, esse processo pode ser insuportável, devido à “troca de turno” entre as narinas, o que faz com que a que está trabalhando aparente estar muito mais entupida do que a outra, ou seja, basicamente, esse entupimento é amplificado pelo frio.

Sendo assim, da próxima vez que você sentir essa diferença de respiração entre as narinas, lembre-se de que se trata de um processo natural e automático, que trabalha para garantir sua capacidade olfativa, manter seu nariz hidratado e livre do ataque e invasores.

Fonte: Jornal Ciência



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook