Por que aparecem Bolinhas Vermelhas nos Braços?

Uma das queixas muito freqüentes são as bolinhas ásperas nos braços. Essas alterações de pele que são mais frequentes na parte externa dos braços e menos freqüentes nos antebraços, nádegas, rosto e coxas, são chamados de queratose pilar.

São aqueles pelos encravados, pequenas saliências na pele, que às vezes podem ser da cor da pele, avermelhadas ou castanhas, que não coçam e que muitas vezes cutucamos com as unhas para desencravar os pelos. Essas lesões ocorrem pelo acúmulo de queratina.

Costuma ocorrer nos pacientes com a pele muito seca, e pode comprometer até 40% da população, mas existe uma maior incidência em pessoas com tendências a ter uma condição de pele chamado dermatite atópica.

A dermatite atópica ocorre numa porcentagem da população e tem caráter genético, piorado ou estimulado por estresse, clima seco, algum processo alérgico isolado, falta de hidratação da pele e outros. Geralmente não há relação direta com hormônios, embora eles possam sim influenciar na produção de sebo da pele e, por isso, pode haver melhora em alguns pacientes na idade adulta, especialmente em alguns casos de ceratose folicular no rosto.

A melhora da hidratação da pele, quer seja pela mudança de clima, cuidados do dia-a-dia como tomar banhos rápidos, mornos podem melhorar o quadro, mas a hidratação com cremes potentes é fundamental.

Nos quadros mais graves, há necessidade do uso de esfoliantes físicos e/ou químicos e nesse caso, indicado pelo dermatologista, pois vai depender da clínica e o exame cuidadoso da pele do paciente na escolha do produto a ser utilizado e a potência do creme hidratante, a freqüência da sua utilização e a duração do tratamento. Além disso, precisa-se detectar doenças que possam levar a pele seca e descartar a dermatite atópica.

Não se deve cutucar os pelos encravados para evitarmos cicatrizes, manchas na pele que podem ser difíceis de tratar e até mesmo inflamação e infecção no local.

Os casos de crianças com quadros parecidos no rosto, sobrancelhas e bochechas, a consulta e avaliação do dermatologista é fundamental e o mais precocemente possível para diagnóstico e tratamento para se evitar seqüelas (micro cicatrizes).

A orientação inicial é realmente evitar banhos muito quentes e prolongados e não deixar de utilizar um hidratante para toda a pele, caprichando nas regiões mais frequentemente atingidas.

Fonte: Minha Vida




Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook