Poder da Música ajuda pacientes de Parkinson a andar!

A Doença de Parkinson é um processo degenerativo do sistema nervoso central provocado pela diminuição da produção do neurotransmissor dopamina, que atua sobre os movimentos voluntários do organismo. A falta de dopamina faz com que o controle motor do portador da doença seja prejudicado, afetando diretamente o modo de caminhar. Por iniciativa da Teva Farmacêutica, chegou ao Brasil o aplicativo Parkinsounds.

Com o auxílio de músicas, o app proporciona a melhoria na mobilidade dos pacientes de Parkinson e possibilita a realização de caminhadas com mais firmeza e segurança.

parkinsounds-aplicativo-mobile

“Da mesma forma como batemos o pé e balançamos a cabeça ao ouvir uma canção da qual gostamos, a música também promove novas conexões em áreas saudáveis do cérebro dos pacientes, estimulando a mobilidade e a coordenação”, explica Mauro Arruda, diretor-geral e de criação da Havas Life.

O aplicativo está disponível para download gratuito na Google Play (dispositivos Android) e na App Store (dispositivos iOS) e funciona conectado ao serviço de música Spotify.

walking-to-beat-helps-parkinsons-gait

Através de um metrônomo interno, o aplicativo identifica a velocidade de marcha do usuário. Uma vez que o compasso é determinado, o aplicativo seleciona as músicas com ritmo correspondente, e acrescenta batidas ritmadas para torná-las funcionais.

Confira o vídeo:

Escutar uma composição, tocar um instrumento ou dançar são ótimas formas de combater o Parkinson. Esse efeito foi confirmado numa recente revisão de artigos feita na Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.

Após analisar 11 estudos sobre o tema, os autores concluíram que os sons melhoram a capacidade de movimentação e a velocidade da marcha.

fneur-06-00234-g002

“Os ritmos musicais trazem um ganho direto a um transtorno específico da enfermidade, em que os pacientes não conseguem tirar os pés do chão para iniciar uma caminhada”, destaca o neurologista Francisco Cardoso, da Universidade Federal de Minas Gerais.

Para tirar proveito com segurança, as práticas que se valem das melodias devem ser iniciadas com a orientação de um profissional de saúde.

Fonte: Saúde Abril

Brasil País Digital




Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook