Perca Peso Agora

Pesticidas Residenciais podem Causar Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade

O verão está aí, e os rastejantes asquerosos já estão perambulando… Quando você vê aquela barata nojenta andando pela sua casa, o que fazer? A maioria apela para o inofensivo spray… Será que ele é mesmo tão seguro? Combater pestes residenciais com pesticidas pode parecer uma maneira razoável de resolver o seu problema com insetos. Mas, acontece que esses produtos tóxicos para os insetos perturbadores podem ser ruins para as pessoas também – especialmente para as crianças!

Essa notícia é bombástica… Um estudo recente ligou um dos pesticidas mais usadas em residências e jardins ao transtorno de déficit de atenção com hiperatividade em crianças e adolescentes!

Os cientistas no Centro Médico do Hospital da Criança de Cincinnati examinaram a ligação entre o comum – e supostamente seguro – pesticida piretróide e o déficit de atenção com hiperatividade.

Estudo aponta o perigo do "Piretróide"

Os pesquisadores mediram a exposição à pesticida em amostras de urina de aproximadamente 700 crianças, de idades de 8 a 15 anos, coletadas durante a Pesquisa Nacional de Saúde e Nutrição.

As crianças com piretróide presente em seus sistemas eram duas vezes mais prováveis de ter o déficit de atenção com hiperatividade do que as crianças sem esta substância química no corpo, de acordo com o estudo publicado no jornal Environmental Health (“Saúde Ambiental”).

E a ligação entre as pesticidas e o déficit de atenção com hiperatividade era mais forte ainda em meninos. Os meninos com níveis detectáveis de piretróide em seus corpos tinham três vezes mais chances de ter o déficit de atenção com hiperatividade do que aqueles que não tinham essa substância em seus sistemas.

E quanto mais alto o nível de pesticida, maior era o risco de a criança ter o déficit de atenção com hiperatividade.

Como proteger sua família das pestes e dos produtos químicos

A boa notícia é que você pode proteger a sua família de ambas: as pestes indesejáveis e as substâncias químicas tóxicas. Veja essas dicas:

Comece por tornar o seu lar inimigo das pestes:

  • Tire o lixo frequentemente;
  • Lave a louça imediatamente depois de usá-la;
  • Varra e passe o aspirador de pó diariamente;
  • Guarde as frutas maduras na geladeira;
  • Mantenha a cozinha e o banheiro tão secos quanto possível.

E experimente as fórmulas naturais e seguras, como a de hortelã, os cravos e a pimenta-caiena, para manter os insetos para fora. Use repelente natural com óleo de eucalipto citriodora.

Em seguida, se você ainda não se tornou orgânico, está na hora. Os estudos mostram que as pessoas que mudam para os alimentos orgânicos abaixam o seu nível de pesticida em aproximadamente 85%.

Então, não use os pesticidas químicas no seu próprio jardim e compre verduras e frutas orgânicas do seu mercado ou supermercado local. E não se esqueça de lavar muito bem as frutas e verduras para eliminar quaisquer pesticidas que possam estar escondidas ali.

Com apenas algumas mudanças simples, você pode continuar a fazer guerra contra os rastejadores nojentos sem a sua família sofrer danos colaterais nesta briga!

Referências bibliográficas:

  • Medicalnewstoday.com
  • Morbidity and Mortality Weekly Report (MMWR) November 12, 2010 / 59(44);1439-1443
  • MayoClinic.com Attention-Deficit/hyperactivity disorder
  • Journal of Health Economics June 17, 2010
  • Brain Behav. 2012 September; 2(5): 661–677
  • Journal of American College Health 2008 Nov-Dec;57(3):315-24

Fonte: Dr. Rondó



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook