Perca Peso Agora

Pessoas Tatuadas Podem Ter Queimaduras na Pele Durante Ressonância Magnética!

Aparelhos de ressonância magnética exigem que o paciente, antes de utilizá-los, deixe de fora todos os acessórios de metal, por conta do forte campo magnético presente em seu interior. Ele pode agir como um imã gigante, alinhando as moléculas de hidrogênio do corpo com o campo.

Porém, segundo um conteúdo divulgado na revista Everyday Health, por J. Brown, pessoas com tatuagens também devem tomar muito cuidado ao fazer tais exames. Isso por conta da tinta utilizada para a pigmentação da pele.

Segundo alguns especialistas, algumas cores podem ser mais perigosas que outras, como os tons avermelhados, que possuem óxido de ferro, um metal sensível aos campos magnéticos dos aparelhos de ressonância.

Entrar na máquina com uma tatuagem de cor vermelha poderia criar uma corrente elétrica, elevando a temperatura da pele, causando uma queimadura que pode ser até mesmo de segundo grau.

Também é preciso tomar cuidado com tatuagens circulares, que podem reagir como uma espécie de antena, captando maior energia do aparelho, provocando queimaduras. Além disso, pode causar danos mais leves, como irritação, ou mais graves, como bolhas.

Quando a pessoa possui tatuagens em locais próximos aos olhos, a preocupação é redobrada, pois a área é mais sensível em relação ao excesso de temperatura. Maquiagens permanentes também apresentam riscos, neste caso, porém muito mais raros.

O ideal é sempre informar ao médico e aos operadores do aparelho de ressonância magnética se há alguma tatuagem em seu corpo. Atualmente, é praticamente impossível saber quais tintas são livres de metais perigosos, usados na fabricação.

O tatuador também apresenta dificuldade em confiar se as tintas não possuem óxido de zinco em suas fórmulas, pois não há grande preocupação da indústria em avisar de forma correta.

Fonte: Jornal Ciência



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook