Perca Peso Agora

Parece que "Pokémon Go" realmente faz bem para a saúde!

Consequências positivas para a saúde na vida real estão acontecendo pelo uso do Pokémon Go, a febre do momento nos smartphones dos países onde ele já está liberado. De acordo com Matt Hoffman, professor assistente clínico no Texas A & M College of Nursing, nos EUA, “tentar pegar todos” é uma grande notícia para a saúde pública.

Para progredir no jogo, os treinadores devem andar para encontrar – e capturar – Pokémons em locais específicos de acesso chamados Pokéstops – onde Pokébolas e outros itens úteis, como Pokéovos, são recolhidos. Chegar a Pokéstops e pegar Pokémons diferentes requer uma boa dose de caminhada.

“O jogo é muito divertido, e tem sido um catalisador para levar as pessoas a se moverem”, diz Hoffman, que foi carinhosamente apelidado de “Professor Pokémon” pelos colegas de trabalho.

“O que começou como apenas um jogo tornou-se um hobby para mim, que fornece determinados benefícios à saúde”, continua. “Eu passei uma hora ou duas uma vez me aventurando pela comunidade para encontrar Pokéstops. E, para chocar um ovo, um treinador deve andar entre um quilômetro e meio até quase dez quilômetros. Não há nenhuma dúvida sobre isso, estou me exercitando mais como resultado de um jogo, e eu estou gostando”.

Outros benefícios

Hoffman não está sozinho. As estimativas do número de usuários diários de Pokémon Go variam de nove a 21 milhões de pessoas, e essa base de usuários está crescendo diariamente. Além de inspirar o exercício, jogar Pokémon Go pode ter benefícios adicionais.

“Há um senso de comunidade quando os treinadores convergem em busca de um Pokémon, ou quando eles se reúnem em Pokéstops”, diz Hoffman.

“O jogo une as pessoas, proporcionando oportunidade para a interação social e aumentando o nosso sentimento de pertencimento, o que pode ter um impacto positivo sobre a nossa saúde emocional e mental”.

Além disso, as famílias podem descobrir que Pokémon Go diminui a divisão entre gerações que a tecnologia geralmente causa. “Este é um jogo relativamente não violento, e eu tenho visto famílias andando por aí para jogar o jogo juntas. Também incentiva os pais a saírem com seus filhos enquanto eles jogam.

Pokémon Go tem a capacidade de transportar famílias de uma noite sentadas no sofá para uma caminhada ao redor da vizinhança”.

Hoffman disse que o jogo ainda ampliou seu senso de curiosidade e conhecimento sobre a comunidade local. “Eu descobri novas experiências dentro de minha comunidade porque o jogo me levou a áreas que eu não havia explorado ou havia apenas passado anteriormente. Além disso, eu conheci muitas pessoas interessantes durante o jogo, e eu gosto de ver a variação dos desenhos de personagens e habilidades”.

Cuidados

Apesar de todos estes benefícios, é só multiplicar o número de jogadores de Pokémon Go pelo número de quilômetros que eles devem andar para progredir no jogo, e as chances de consequências negativas aumentam.

“Muitas vezes ouvimos relatos de pessoas que caíram por tropeçar no meio-fio ou sofreram lesões como resultado de olhar para seus telefones e não prestar atenção em onde estão andando”, alerta.

“É bom sempre manter a segurança e as melhores práticas em mente”.

Hoffman incentiva o jogo com os amigos, como uma equipe, para evitar qualquer problema.

“Lembre-se, você nunca deve jogar Pokémon Go enquanto dirige. Também é importante evitar jogar em áreas escuras e isoladas – há relatos de treinadores sendo roubados e atacados”, lembra ele.

Esse jogo ainda não chegou no Brasil, mas já promete ser um sucesso. Aguardem!

Fonte: Hypescience
Science Daily



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook