Perca Peso Agora

Os Especialistas Dizem Que o Paracetamol Não Funciona Para as Dores nas Costas

Dores nas costas afetam 1 em cada 3 pessoas a cada ano.
Essa notícia já é ruim, mas ficará ainda pior com as recentes descobertas.

Na última semana foi relatado que o remédio mais comumente utilizado nesses casos - o paracetamol - é ineficaz para o alívio das dores nas costas.

Um estudo publicado no "British Medical Journal" analisou 13 ensaios clínicos e constatou que a droga faz pouca ou nenhuma diferença no alívio das dores nas costas.

E também foi verificado que as pessoas que tomam essa droga com frequencia são 4 vezes mais propensas a ter testes de função hepática anormais - um sinal de alerta de que o fígado pode ser irreversivelmente danificado.

Esse estudo sustenta as descobertas de um estudo publicado o ano passado na "The Lancet", que descobriu que o paracetamol não é melhor que um placebo para dores lombares.

Mas se a droga recomendada como primeira opção no tratamento desse tipo de dor não funciona, o que fazer?

A dificuldade no tratamento de dores crônicas nas costas é que ela é muito complexa, explica o Dr. Beverly Collett : no passado nós as tratávamos como se cada dor fosse exatamente a mesma.

O alívio da dor é uma coisa muito pessoal, diz Dr. Martin Johnson, especialista em dor do Royal College.

Mas a boa notícia é que muitas pessoas podem controlar suas dores nas costas com exercícios regulares ou perdendo peso.

Uma recente pesquisa descobriu que 2/3 dos pacientes com dores nas costas não seguiam os conselhos de seus médicos ou não faziam os exercícios recomendados. De fato, muitos podiam estar prolongando o problema fazendo a coisa errada - por exemplo, descansando quando estavam com dores.

Descansar pode ser benéfico nas primeiras 24 ou 48 horas após uma crise aguda, mas permanecer muito tempo em uma mesma posição faz com que as fibras musculares se enrijeçam e encurtem, e isso aumenta a dor. Você precisa começar a se movimentar e fazer alguns exercícios leves, como uma caminhada, o quanto antes.

Em outras partes do corpo, a dor é um aviso para você parar e descansar, mas a parte de trás é uma exceção - você até pode sentir um certo desconforto quando se exercita, mas isso é completamente normal e não é perigoso.

Devemos ficar mais atentos aos nossos hábitos diários que podem nos ajudar com relação as dores nas costas.

Escolher um colchão firme, dormir numa posição correta e escolher sentar-se em cadeiras com encosto são exemplos de escolhas que podem beneficiar sua coluna.

Para aliviar as dores você pode optar pelo ibuprofeno ou aspirina, que são drogas anti-inflamatórias não esteróides, mas que não devem ser usadas por períodos prolongados, pois aumentam o risco de hemorragia intestinal, especialmente em pessoas mais idosas.

Pode-se usar "patches" nos locais doloridos, cujo calor liberado produz um alívio da dor por aproximadamente 8 horas. Os géis, que contém o mesmo anti-inflamatório dos comprimidos, também são indicados porque reduzem os efeitos colaterais que a droga provoca no estômago quando ingerida.

A osteopatia também ajuda muito nos casos de dores nas costas. É uma manipulação da coluna vertebral que produz um alongamento das articulações ao redor da área afetada.A acupuntura também é recomendada.

E a recomendação principal: seja ativo. Manter os músculos trabalhando reduz os riscos de espasmos nos mesmos, e fortalece a musculatura abdominal, que ajudará a sustentar as costas. É importante estar em movimento com caminhadas regulares, mas também, fazer exercícios específicos de alongamento da região lombar.

Fonte: http://maplebearjaguare.com/2015/04/06/w-sitting/



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook