Perca Peso Agora

Novo Dispositivo Permite Que Você Coma O Quanto Quiser Sem Engordar

Um novo dispositivo pretende cair no gosto de quem precisa emagrecer a qualquer custo. Sua principal função é bombear o conteúdo do estômago para fora, logo após uma refeição pesada.

Os fabricantes do AspireAssist afirmam ter ajudado centenas de pacientes nos EUA a perder grandes quantidades de gordura, alguns chegando a perder até 45 kg.

O produto controverso também estará disponível no Reino Unido dentro de alguns meses, mas centenas de críticos estão se posicionando contra o dispositivo, advertindo que é uma medida paliativa que não resolve a verdadeira causa da obesidade.

AspireAssist é a ideia de Dean Kamen, em colaboração com um grupo de cirurgiões bariátricos. O dispositivo é instalado durante uma cirurgia de 15 minutos, com um tubo inserido no estômago do paciente, com uma válvula de escape no abdômen.

Vinte minutos depois de uma refeição pesada, o utilizador pode anexar uma pequena bomba na extremidade exterior do tubo, que esvazia o estômago com água, sugando todo alimento não digerido para um saco. Quando o processo se completa, a bomba pode ser separada e a extremidade exterior do tubo fechada com uma "rolha".

Acredita-se que 20 minutos é o tempo suficiente para o seu cérebro se satisfazer com a comida, mas não tempo suficiente para seu estômago digeri-la.

Os fabricantes afirmam que o dispositivo pode ajudar a evitar excessos, retirando até um terço dos alimentos consumidos. Isso significa que 30% de todas as calorias consumidas podem desaparecer rapidamente.

Anthony Shonde, gastroenterologista britânico, acredita que o dispositivo é uma excelente alternativa para a cirurgia bariátrica, e pretende oferecer aos pacientes em sua clínica de Londres, a partir de setembro.

"O uso é através de uma montagem e não é perigosa. Os resultados de perda de peso são quase tão bons quanto os da cirurgia, mas sem os riscos", disse ele, explicando que o princípio por trás do AspireAssist é o inverso da alimentação PEG - uma técnica que consiste na inserção percutânea de uma sonda na cavidade gástrica (gastrostomia), para alimentar pacientes que têm problemas para consumir alimentos via oral. “É exatamente o oposto da PEG, que temos usado por mais de 20 anos”.

Nem todos compartilham o entusiasmo de Shonde. Tam Fry, do Fórum Nacional de Obesidade dos EUA, disse que ele consiste em um ‘vômito sob encomenda’. “Eu não posso acreditar como se pode inventar um gadget que permite que as pessoas façam de si mesmos glutões, para comer como porcos e não sofrer as consequências. Me apavora pensar que as pessoas serão capazes de pressionar um botão para esvaziar o conteúdo de seus estômagos”, disse ele.

As pessoas que usaram o dispositivo afirmam que ele mudou suas vidas. Nos EUA, um acompanhamento de um ano mostrou que 24 pacientes obesos foram capazes de perder metade de seu excesso de peso apenas usando o AspireAssist.

Porém, AspireAssist tem suas falhas. A bomba se esforça para quebrar grandes alimentos como couve-flor, massas, e carnes, de modo que o tubo pode, por vezes, ficar entupido.

Também existem preocupações de segurança, como o risco de desidratação, irritação do revestimento do estômago, e privação dos órgãos de eletrólitos vitais.

Especialistas dizem que infecções, má absorção de nutrientes, depressão e até suicídio podem se tornar efeitos colaterais do dispositivo.

Os especialistas em nutrição, em geral, afirmam que a única maneira saudável de perder peso é mudando o estilo de vida e os hábitos alimentares. Mas nem todos conseguem seguir tais regras.

É o caso de Mikael Cederhag, um sueco que perdeu 30 quilos com o dispositivo. Ele espera que mudanças graduais em sua dieta possam resultar na remoção da bomba, um dia. Nesse meio tempo, ele diz: "Se eu tiver que continuar a lavar meu estômago todos os dias, ou a cada dois dias, então que assim seja. Eu não quero deixar de comer. Dessa forma eu posso comer junto com meus amigos e minha família, posso beber minha cerveja ou vinho se eu quiser. Depois eu tiro 30% disso rapidamente”.

Fonte: Jornal Ciência



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook