Perca Peso Agora

Mulher Fica Cega Após Gato de Estimação Lamber Seu Olho

Uma mulher contou como ficou cega de um olho após seu gato ter lambido seu rosto.

Janese Walters diz ter acordado, em uma manhã, sem enxergar de seu olho esquerdo. Agora, um mês após visitar o médico, ela finalmente recebeu uma explicação sobre a perda de sua visão: seu gato.

Um médico disse que a cegueira de Janese foi causada por uma condição chamada "doença da arranhadura do gato", que ocorre quando um felino transmite uma bactéria através de sua saliva ou pele.

"Eu acordei um dia e eu não podia enxergar com o olho esquerdo. Eu olhei no espelho e pensei que era conjuntivite, ou algo assim”, relatou Janese, de Ohio, EUA.

Doença da Arranhadura do Gato é causada pela bactéria Bartonella henselae, encontrada em cerca de 40% dos felinos. A maioria dos animais infectados não apresentam sintomas, de acordo com o Center for Disease Control.

De acordo com Kris Brickman, da Faculdade de Medicina e Ciências da Vida de Toledo, a doença da arranhadura do gato pode afetar a visão de uma pessoa. “Além disso, pode causar alguns problemas no fígado e atingir os fluidos da coluna vertebral, dando meningite”, completou.

Ele recomendou que os donos de gatos lavem bem as mãos após contato com o animal. “Não deixe que eles lambam feridas abertas e tente não ser mordido por ele”, disse Brickman.

Um comunicado presente no portal do Hospital Albert Einsten, de São Paulo, diz: “A doença atinge principalmente as crianças, mas também há frequentes achados em adultos. Após contato do animal com o homem, a bactéria cai na circulação e atinge os linfonodos, ocasionando o seu aumento. Essa lesão pode ser precedida por vermelhidão e formação de pequenas bolhas. Em 40 a 65% dos pacientes não é possível identificar o local da arranhadura. A linfadenopatia (aumento de um ou mais linfonodos) regional no local de inoculação (principalmente na cabeça, região cervical e membros superiores) é a manifestação clínica mais importante e surge dentro de 1 a 7 semanas após a transmissão, sendo o sinal que faz o paciente procurar atenção médica na maioria dos casos”.

Acredita-se que a bactéria seja transmitida para gatos por meio de pulgas, sendo o homem um hospedeiro acidental na maioria dos casos, ocorrendo contaminação no ser humano pela arranhadura ou lambedura do gato.

Para conhecer mais sobre a Doença da Arranhadura do Gato, visite o site do Hospital Albert Einsten e se informe. Para informações mais detalhadas, visite o site da Unicamp - Universidade Estadual de Campinas.

Fonte: Jornal Ciência



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook