Lista de Salões de Beleza pegos pelo Procon inclui Cabeleireiros Famosos. Confira!

Uma inspeção feita pelo Procon de São Paulo em salões de beleza da capital encontrou (em todos eles!) produtos fora da data de validade tanto para os cabelos, como para a pele e itens como esmaltes e maquiagens.

A utilização de cosméticos já vencidos é um problema porque, além de não terem mais o efeito desejado, podem causar reações alérgicas.

O dermatologista Cristiano Kakihara, membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica, explica o que acontece. "Quando está com o prazo de validade vencido, todo produto perde a eficácia. Mas não necessariamente a pessoa irá desenvolver um quadro alérgico ao usá-lo. Isso vai variar de acordo com cada caso. Na hora em que o produto vencido é aplicado, a pessoa não sente nada. Geralmente não se observa dermatite de contato, irritação, coceira, ardência… São casos muito raros. Mas vai muito da sensibilidade de cada um", diz.

A Fundação Procon-SP encontrou irregularidades em todos os 34 salões de beleza investigados na Operação Vênus, em São Paulo.

A lista de estabelecimentos visitados conta com unidades de cabeleireiros famosos, como Celso Kamura, Marcos Proença e Jassa, conhecido por cuidar dos cabelos do apresentador Silvio Santos.

Nos três estabelecimentos citados, por exemplo, o Procon-SP achou, entre outras situações, esmaltes vencidos sendo usados normalmente nas unhas de clientes. Outros problemas estão relacionados a direitos do consumidor.

A maioria dos salões pesquisados usavam esmaltes fora do prazo de validade para atender os consumidores. Outros problemas encontrados foram uso de produtos vencidos para cabelo, serviços e produtos sem preço anunciado, produtos à venda sem prazo de validade e sem informação de fornecedor ou em português.

Lista dos Salões de beleza denunciados

A lista com os salões e suas respectivas irregularidades foi divulgada pelo Procon-SP.

Veja abaixo o nome dos estabelecimentos:

  • Espaço A+ Mário Ferraz
  • Estúdio W
  • W Store
  • Creative Salon Eron Araujo
  • Celso Kamura
  • Marcos Proença
  • Jassa
  • Retrô Hair
  • 1838 Hair Clinic (serviços de beleza)
  • 1838 Hair Clinic (clínica e estética)
  • W Studio
  • Casa Mauro Freire
  • Laces
  • Spa Dios
  • Vimax
  • Studio Tez
  • Labeau Cabeleireiros by João Mata
  • Soho
  • Square Hair & Care
  • Rafaella Square Hair
  • Constantino’s
  • MG Hair
  • MG Store
  • Adriana Scarpelli
  • L'Officiel III
  • J JOL Cosméticos
  • Ringo
  • Hi Salão
  • Galeria (ENF Cabeleireiros Eireli)
  • Galeria (Galeria 4 cabeleireiros Ltda. EPP)
  • Jacques Janine (Jardim América)
  • Jacques Janine (Eldorado)
  • Jacques Janine (Eldorado subsolo)
  • Jacques Janine (Jardins)

Todos os salões de beleza foram notificados e têm prazo de 15 dias para apresentar a defesa. Se o recurso não for aceito, será emitido o auto de infração e o estabelecimento terá penalização de acordo com as condições financeiras e a gravidade da infração. As multas podem variar entre R$ 600 e R$ 9 milhões.

É preciso conscientizar os cabeleireiros e também os clientes. O consumidor deve ficar mais cauteloso e verificar os prazos de validade dos produtos para preservar a própria saúde! Compartilhe!

Fonte: Vix




Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook