Perca Peso Agora

Jejum pode Reduzir o Risco de Câncer de Mama em Mulheres

O aumento no tempo de jejum reduz os níveis de glicose, assim podendo reduzir o risco de câncer de mama entre as mulheres, é o que relata pesquisadores da Universidade da Califórnia, San Diego School of Medicine na revista Cancer Epidemiology, Biomarkers & Prevention. Os resultados foram apresentados no encontro anual da American Association of Cancer Research, na Filadélfia.

“O aumento do tempo de jejum durante a noite poderia ser uma nova estratégia para reduzir o risco de desenvolver câncer de mama”, afirmou Catherine Marinac, doutoranda da UC San Diego e autora líder do estudo.

“Essa é uma mudança simples na dieta que acreditamos que a maioria das mulheres pode entender e adotar. Isso pode ter um grande impacto na saúde pública sem a complicada necessidade de contagem de calorias ou nutrientes.”

As mulheres em jejum por longos períodos de tempo durante a noite obtiveram significativamente melhor controle sobre as concentrações de glicose no sangue. Os dados mostram que cada aumento de três horas de jejum noturno foi associado com um nível de glicose pós-prandial 4% menor, independentemente de quanto as mulheres comeram.

“O aconselhamento dietético para prevenção de câncer geralmente se concentra em limitar o consumo de carne vermelha, álcool e grãos refinados, aumentando o consumo de alimentos à base de plantas”, disse a coautora Ruth Patterson, PhD, diretora associada da UC San Diego Moores Cancer Center de ciências da população e líder do programa de prevenção do câncer.

“Novas evidências sugerem que, quando e quantas vezes as pessoas comem também pode desempenhar um papel no risco de câncer.”

As mulheres no estudo relataram comer cinco vezes por dia com um jejum noturno em média de 12 horas. Aquelas que relataram jejuns mais longos também indicaram que consumiram menos calorias por dia e tiveram menos episódios alimentares.

O estudo recomenda ensaios clínicos de grande escala para confirmar que o jejum noturno provoca alterações favoráveis nos biomarcadores do controle glicêmico e risco de câncer de mama.

Fonte: Essentia



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook