Perca Peso Agora

Glifosato em Gazes e Absorventes: Alarme na Argentina! Seria Culpa do Algodão GM?

Cientistas argentinos encontraram traços de glifosato em 8 de 10 produtos que contêm algodão, analisados em um estudo preliminar que a Universidade Nacional de La Plata apresentou recentemente em Buenos Aires.

Em particular, em gazes estéreis, os vestígios de glifosato foram encontrados em todos os produtos tomados em amostra. E em geral, os resíduos desta substância nos produtos que contêm algodão e para a higiene pessoal, foram identificados em 85% das amostras.

O glifosato é o ingrediente básico do herbicida RoundUp da Monsanto e foi recentemente classificado pela OMS como substância potencialmente cancerígena. A porcentagem de resíduos foi inferior a 80% no que diz respeito aos lencinhos íntimos e aos absorventes internos. Até agora, foram analisados apenas 20 amostras em relação ao estudo preliminar, que deverá chegar a pelo menos 100.

A Argentina aprovou o cultivo e o uso de algodão GM no início dos anos noventa. É o algodão transgênico resistente ao glifosato cuja produção é agora difusa.

A cada ano na Argentina são usados milhares de litros de glifosato, especialmente na produção da soja transgênica.

O glifosato é um herbicida que remove as ervas daninhas, às quais as culturas transgênicas de soja e algodão são resistentes. Face a estes números alarmantes, a Argentina teria que agir e esperamos que em breve promovam uma mudança.

E no Brasil? Será que também temos gazes, absorventes, fraldas e lencinhos íntimos contaminados? A situação está cada dia mais complicada!

Fonte: Green Me



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook