Perca Peso Agora

Estudo Mostra que Consumir Cafeína Ajuda a Aumentar a Força Muscular

Um novo estudo feito por pesquisadores da Universidade de Mississipi, nos EUA, e publicado em junho na revista oficial do Colégio Americano de Medicina Esportiva mostra a ação da cafeína no sistema nervoso central e periférico que altera a percepção subjetiva de esforço, aumentando a capacidade dos músculos esqueléticos de gerar força.

Em um protocolo controlado, foi analisado o efeito da ingestão de 5 mg de cafeína por quilo de peso corporal em atletas de ciclismo que consumiram o composto uma hora antes de realizarem testes físicos. As conclusões dos pesquisadores apontam para os seguintes benefícios:

Mais Força

A cafeína aumenta a força por melhorar o mecanismo de recrutamento das unidades motoras dos músculos esqueléticos. Podemos entender que quando o cérebro comanda a contração de
um músculo, a cafeína potencializa este comando, resultando em uma contração mais vigorosa.

Menos Dor

A cafeína diminui a dor e reduz a percepção de esforço, promovendo um efeito de melhora de desempenho em exercícios de curta duração.

Segundo os pesquisadores, isso explica os efeitos da cafeína não somente nos exercícios de longa duração, via oxidação de gorduras, mas também em atividades de perfil anaeróbico, nas quais o mecanismo de gênese de força é o fator determinante do desempenho.

A cafeína é um dos suplementos de maior utilização para melhora de rendimento. Os estudos publicados nas últimas décadas comprovam benefícios de melhora de rendimento com doses variando de 3 a 13 mg por quilo de peso corporal.

Seu efeito ergogênico, apesar de comprovado, tem ainda controvérsia em relação ao mecanismo de ação. A proposta nos primeiros estudos publicados era de que a cafeína promoveria a oxidação de gordura, preservando o glicogênio muscular, considerado a “gasolina” do músculo em exercício.

Esta hipótese ainda é aceita por muitos estudiosos da área, porém outras evidências surgiram recentemente, principalmente para tentar explicar porque a cafeína melhora o rendimento em exercícios de curta duração, nos quais a utilização de glicogênio não é o fator limitante do desempenho.

Fonte: Globo Esporte



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook