Perca Peso Agora

Estudo diz que a Falta de Higiene Bucal está Relacionada a Problemas de Disfunção Erétil

Em um estudo realizado na Universidade Inonu, em Malatya, na Turquia, pesquisadores sugeriram que a disfunção erétil pode estar relacionada à higiene bucal. Ao comparar 80 homens que apresentavam disfunção, com idades entre 30 e 40 anos, com um grupo saudável de 82 homens, eles constataram que, cerca de 53% dos que apresentavam problemas de ereção possuíam gengivas inflamadas por causa da má escovação. Enquanto que, apenas 23% do grupo saudável mostrou essa característica.

O resultado também envolveu a análise de fatores, como a idade, índice de massa corporal, renda familiar e nível de escolaridade.

De acordo com a pesquisa, os homens que possuíam doenças periodontais severas eram 3,29 vezes mais propensos a sofrer de disfunção sexual, do que os de gengivas saudáveis.

A média de idade entre ambos os grupos era de menos que 36 anos e não houveram diferenças significativas quando se tratava do índice de massa corporal, renda familiar e educação. A análise da função sexual foi avaliada de acordo com o Índice Internacional de Função Erétil e a saúde da gengiva através do Índice de Placa, sangramento e profundidade de sondagem e nível de inserção clínica.

Segundo Dr. Faith Oguz, primeiro autor do estudo, “os fatores físicos causam cerca de dois terços dos casos de problemas de ereção, principalmente por causa de problemas nos vasos…”.

O resultado do estudo, de acordo com ele, suporta a teoria de que esse tipo de doença bucal está presente, mais frequentemente, em pacientes com disfunção erétil e deve ser considerado pelos médicos como um fator relevante para o tratamento de problemas de ereção, inserindo no tratamento não somente um urologista, mas também profissionais da saúde bucal, como os dentistas.

Fonte: Jornal Ciência



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook