Efeitos Instantâneos da "Ayahuasca": Bebida psicodélica aliviou os Sintomas de Depressão em questão de horas!

350 milhões de pessoas sofrem de depressão em todo o mundo, e um terço delas resiste às formas de tratamento tradicionais. Para piorar a situação, os antidepressivos mais comuns demoram até 2 semanas para fazer efeito, e, nesse período, os pacientes sofrem graves recaídas.

Em busca de maneiras mais rápidas e eficientes de lidar com um dos maiores problema de saúde pública do século 21, pesquisadores do Instituto do Cérebro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) descobriram que uma única dose da bebida psicodélica ayahuasca – típica da medicina tradicional amazônica e essencial para alguns rituais religiosos populares – alivia os sintomas de vítimas de depressão por até 1 semana. O efeito é quase instantâneo.

A conclusão é do primeiro ensaio clínico randomizado projetado para avaliar o uso da ayahuasca para o tratamento da depressão - o chá melhora rapidamente o humor dos pacientes.

O ensaio, realizado no Brasil, envolveu a administração de uma dose única a 14 pessoas com depressão resistente ao tratamento, enquanto 15 pessoas com a mesma condição receberam uma bebida placebo.

Uma semana depois, aqueles que receberam ayahuasca apresentaram "melhoras dramáticas", de acordo com os pesquisadores, com seu humor mudando de "grave" para "leve" na escala padrão de depressão.

Santo Daime contra depressão

Tradicionalmente, os xamãs preparam a bebida amarga de ayahuasca usando duas plantas nativas da América do Sul. A primeira, a Psychotria viridis, contém o composto dimetiltriptamina (DMT). A segunda, o cipó de ayahuasca propriamente dito (Banisteriopsis caapi), contém substâncias que impedem que o DMT seja quebrado antes de ser absorvido e chegar até o cérebro.

Para enganar os voluntários que iriam tomar o placebo, o professor Araújo e sua equipe tiveram que inventar uma bebida com a mesma cor marrom e o gosto amargo, que é capaz de provocar vômitos em muitos iniciantes na degustação do Santo Daime. A equipe também selecionou cuidadosamente participantes que nunca tinham experimentado ayahuasca ou qualquer outra droga psicodélica antes.

Bastou uma semana de ensaio para mostrar que 64% dos pacientes que tinham tomado ayahuasca sentissem a gravidade de sua depressão reduzir-se em 50% ou mais, algo que ocorreu para apenas 27% dos que tomaram o placebo - lembrando que nenhum dos voluntários teve benefícios com os antidepressivos.

Fonte: Diário da Saúde




Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook